Primeiro-ministro do Japão manda encerrar todas as escolas devido ao Coronavírus (COVID-19)

No Japão 2 dos 15 novos casos de coronavírus são crianças menores de 10 anos de idade.

Primeiro-ministro do Japão manda encerrar todas as escolas devido ao Coronavírus (COVID-19)

Numa declaração, Shinzo Abe, o primeiro-ministro do Japão afirmou que vai pedir que todas as escolas de ensino básico e médio de todo o país fechem temporariamente a partir de segunda-feira.

Esta decisão surge após um homem de 80 anos que estava infetado com o Covid-19 (novo coronavírus) morrer na prefeitura de Hokkaido. Quinze novos casos de infecção foram relatados esta quinta-feira. O governador de Hokkaido afirmou que o homem que morreu tinha condições pré-existentes.

Naomichi Suzuki comentou:

O paciente era mais suscetível a problemas respiratórios em comparação com pessoas saudáveis.

As autoridades japonesas dizem que 2 dos 15 novos casos são crianças menores de 10 anos de idade. Os casos mais recentes elevam o número de infecções confirmadas em Hokkaido para 54, o maior número no Japão. As pessoas infectadas incluem estudantes, um professor e um motorista escolar.

Todas as escolas primárias e secundárias da prefeitura serão fechadas por cerca de uma semana.

Enquanto isso, autoridades de saúde da prefeitura de Osaka, no oeste do país, revelaram que uma mulher de 40 anos testou positivo para o coronavírus pela segunda vez.

O paciente é uma guia de turismo. Ela dirigiu um autocarro com visitantes de Wuhan, China, a cidade no centro do surto, no mês passado. Mais tarde, ela foi diagnosticada e hospitalizada. A mulher recebeu alta após testar negativo no início de fevereiro, mas ela sentiu dores na garganta e no peito e voltou a positivar na quarta-feira.

Em todo o Japão, mais de 900 casos de infecção foram confirmados. Mais de 700 são do navio de cruzeiro. Oito pessoas morreram.

O surto levou o governo japonês a pedir que grandes eventos sejam cancelados, adiados ou reduzidos nas próximas duas semanas.