30XX recebe as mega criações da sua comunidade e lançamento PC Steam Early Access

A Batterystaple Games anunciou que o jogo 30XX irá receber um modo de edição de níveis.

Além de um modo clássico e da Mega Campanha, 30XX dará os seus fãs, a possibilidade de criar desafiantes níveis através do Maker Mode. Este terá como recursos as próprias ferramentas usadas para desenvolver o jogo, e permitirá a partilha de criações com o resto da comunidade. As criações populares serão examinadas pela Batterystaple Games e outros jogadores terão a opção jogar estas para expandir sessões sempre novas e desafiantes.

O lançamento pela PC Steam Early Access estreará com seis níveis de temas para construir e explorar. Estes incluem Penumbra, uma catedral com superfícies espelhadas que incentivam os jogadores utilizarem os seus ambientes para destruírem inimigos, e a Twitchy Thrill Ride Deepverse, um ambiente futurista synthwave onde o maior inimigo será o próprio tempo.

A Pixelart de alta resolução criada pelo diretor de arte Glauber Kotaki ( Rogue Legacy, Chasm ) unem-se a uma banda sonora chiptune enérgica que impulsiona a ação! Não importa qual seja a arena, pois os heróis de 30XX terão uma infinidade de meios para enfrentar qualquer obstáculo. Os jogadores podem usar as habilidades de chefes vencidos usando o novo sistema Power Fusion de Nina, e sintetizá-las em 64 movimentos híbridos para superar qualquer obstáculo. Como alternativa, Ace pode desencadear combos devastadores e cortar em mil pedaços qualquer inimigo.

Chris King, o fundador da Batterystaple comentou numa conferência de imprensa o seguinte:

“O Early Access foi extremamente influente na transformação do 20XX, e a nossa equipa mal pode esperar para convidar a comunidade novamente para nos ajudar a alcançar novos patamares com o 30XX. Já não falta muito, e juntos é o que faremos a 17 de fevereiro de 2021. Esperamos que os fãs deixem as suas críticas, feedback, e os seus próprios designs no Maker Mode.”

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal, até à sua atualidade. Devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também é adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.