AMD adquire a Xilinx por 35 biliões de dólares

A AMD informou que chegou a um acordo para adquirir a fabricante de semicondutores Xilinx por 35 bilhões de dólares. Este negócio colocará Victor Peng, o atual CEO da Xilinx na presidência da empresa, e dois diretores se juntarão ao conselho de direções da AMD.

Esta aquisição oferece à Team Red mais recursos para competir com as suas rivais Nvidia e Intel, especialmente nesta última, através de chips projetados para data centers e outras aplicações de computação.

Lisa Su, a CEO da AMD relatou numa conferência de imprensa o seguinte:

“Esta aquisição marca a próxima etapa da nossa viagem para estabelecer a AMD como líder de computação de alto desempenho da indústria e parceira das maiores e mais importantes empresas de tecnologia do mundo.”

A aquisição da Xilinx acrescentará vários novos chips ao portfólio da AMD, incluindo os chamados field-programmable gate arrays, ou FGPAs, que podem ser reprogramados após serem fabricados. Estes são especialmente úteis em tecnologias emergentes, tais como nas infraestruturas 5G. A Xilinx também fabrica chips de aplicações para empresas espaciais, contudo foi fortemente prejudicada pelas recentes tensões económicas entre a China e os Estados Unidos da América.

O negócio também oferece à AMD uma empresa de semicondutores dedicada. No mês passado, a Nvidia adquiriu a Softbank e consequentemente a ARM no processo por 40 biliões de dólares, e na semana passada, a Intel afirma estar a transferir os seus negócios para a SK Hynix, a segunda maior empresa de semicondutores da Coreia do Sul.

Além desta aquisição a AMD também anunciou os seus lucros neste terceiro trimestre. A fabricante de chips relatou um lucro líquido de 390 milhões de dólares, em comparação aos 120 milhões comunicados um ano atrás. A marca vermelha também registou receitas na ordem dos 2,8 bilhões de dólares, um ganho considerável quando comparado a este período no ano passado. Estes valores foram alcançados essencialmente devido ao crescimento dos processadores Ryzen no mercado, que até compensaram parcialmente a receita mais fraca na venda das suas GPUs.

Contudo, convém relembrar que o mercado das GPUs poderá significar brevemente descolar, pois a AMD vai anunciar oficialmente já amanhã o preço e a sua gama AMD Radeon RX 6000 ao mundo.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal, até à sua atualidade. Devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também é adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.