Celebra o Mar10 Day na companhia deste artigo

Comemora o dia relembrando os seus passos fora dos seus pixels

Celebramos neste dia o Mario Day. Esta data foi escolhida simplesmente porque 10 de março, escrito como “Mar10”, assemelha-se ao nome Mario. O simpático e corajoso canalizador recebeu a sua primeira aventura em 1981. Desde então, surgiu em mais de 200 jogos diferentes, não só de plataformas como também de desporto, tabuleiro, “RPG”, luta, enfim resumindo e concluindo inúmeros géneros e produtos.

Embora as origens deste dia ainda sejam desconhecidas, o mesmo e as suas celebrações foram oficialmente reconhecidas pela Nintendo, e por várias lojas por todo o mundo. Contrariamente ao que muitos pensam o jogo de estreia do Mario, não foi o revolucionário Super Mario Bros., mas sim Donkey Kong. No entanto, para os mais puristas esta não foi a sua primeira aventura, dado que Mario, se chamava “Jump Man” e era um carpinteiro. Os seus antagonistas e amores também diferiam, ou seja, confrontou o gorila Donkey Kong, enquanto tentava salvar Pauline, a sua namorada das garras deste. De salientar que Pauline foi recentemente resgatada no jogo Super Mario Odyssey, e que o “Jump Man” apenas recebeu um enorme nariz e bigode devido às limitações tecnológicas da altura, pois foi a forma encontrada para atribuir alguma expressão e destaque à personagem.

Mario começou os seus saltos nos salões de arcadas

O jogo de 1981 também não possuía Mario no nome, apenas Donkey Kong, e ao invés de ser um jogo de plataformas de “scrolling horizontal”, apenas apresentava o seu nível num único ecrã enquanto o carpinteiro tentava evitar, fogos, barris e outros perigos até chegar junto da sua amada… apenas para o Donkey Kong continuar a escalar os pisos de um edifício que faria o megalómano quartel-general da Shinra (Final Fantasy VII) corar de vergonha. Devido a estes e outros apontamentos alguns fãs acreditam que “Jump Man” foi o pai dos irmãos Mario, sim, porque Shigeru Miyamoto, o verdadeiro “pai biologico” destas simpáticas personagens, indicou que os seus nomes são “Mario Mario”, e “Luigi Mario”, ou seja, muitos acreditavam que os jogos capitalizam o nome do irmão mais velho nos seus títulos.

Esta foi apenas a primeira iteração da personagem rechonchuda de longo nariz e bigode, os anos seguintes Mario receberia um irmão em Mario Bros. e uma aventura que conquistou o mundo em Super Mario Bros. para a Famicom/Nintendo Entertainment System. O sucesso de Mario, foi tão abrangente que injetou nova vida numa indústria que muitos acreditavam que estaria morta e enterrada. Lentamente Mario e as suas aventuras

Super Mario Bros. Super Show foi transmitido aos sábados de manhã na RTP 1 no início dos anos 90

conquistaram outros ‘media’. A série -parcialmente animada- The Super Mario Bros Super Show!, de 1989 é um claro testemunho desta afirmação. Este foi muito possivelmente o primeiro produto ocidental com sucesso a ultrapassar a linha que separa videojogo de série televisiva. A mesma foi uma produção entre a Saban Productions, a DIC Enterprises e a Nintendo of America. Os seus 51 episódios foram divididos em dois segmentos. Enquanto na sua abertura e fecho assistíamos a uma secção de Mario e Luigi de carne e osso interpretados pelos falecidos atores Lou Albano -também foi wrestler e “manager” na WWF– e Danny Wells, o conhecido empregado de bar dos Jeffersons. Este segmento foi notável também por convidar inúmeras personalidades aos escritórios em Brooklyn dos irmãos Mario -foi daqui que partiram as origens de Mario- tais como Sgt. Slaughter, Karen Hartman, Shabba Doo, Cassandra Peterson “Elvira” e tantos outros.

O segmento com atores de carne e osso revelava as suas hilariantes aventuras nos seus escritórios em Brooklyn

Evidentemente o maior destaque da série passou por uma aventura animada protagonizada pelo elenco ocidental de Super Mario Bros. 2 (uma port NES de Doki Doki Panic com personagens Super Mario jogáveis), ou seja, Mario, Luigi, Toad, e Peach (aqui Princess Toadstool/Princesa Cogumelo). Ao contrário dos jogos o quarteto não enfrentava Bowser,

Em 1994 em Portugal a Olá lançou o gelado Super Mario, nesse mesmo ano foi comercializado o refrigerante Super Mario Cola

mas sim uma versão sua ocidental conhecida como o King Koopa (Rei Koopa). Já agora sabiam que Bowser partiu da criação de um touro? Mas os seus programadores pensavam que era um dragão e Shigeru Miyamoto continuou com o seu desenvolvimento mesmo ciente que já não era um touro? De salientar que mesmo sendo animada, a mesma recebeu algumas faixas

The Legend of Zelda também recebeu uma adaptação animada no programa Super Mario Bros. Super Show!

musicais célebres da altura em cada um dos seus episódios, como foi exemplo o estrondoso êxito Born To Be Wild, dos lendários Steppenwolf. Após o final de The Super Mario Bros. Super Show!, Mario recebeu mais séries animadas na forma de The Adventures of Super Mario Bros. 3, e Super Mario World, que tal como o nome indica foram baseadas nos jogos para a NES e Super Nintendo. O conceito live-action apenas seria revisitado com o filme Super Mario Bros. de 1993, que acabou sendo divisivo pelo facto de ser muito diferente dos seus jogos. Contudo, não nos podemos esquecer que grande parte do seu conteúdo partiu de The Super Mario Bros. Super Show!

As aventuras animadas decorriam nos mundos de Super Mario Bros. 2

Estes foram apenas os primeiros passos que Mario e as suas personagens deram fora do meio onde foram criados e os viu crescer. Ao longo da sua jornada quer pelos videojogos como pelos outros “media”, Mario foi sempre uma série que colocou a diversão acima de qualquer outro valor. Contudo, ao fazê-lo contribuiu para revolucionar

Super Mario Bros. foi a primeira adaptação de videojogos para o cinema

o panorama 3D com o genial Super Mario 64, juntar a família os amigos junto de uma consola com as séries Super Mario Kart e Mario Party, e até como interagimos com os blocos Lego, com os sets Lego Super Mario. Segundo um estudo no Instituto Max Planck, os jogos Super Mario contribuíram para o desenvolvimento de habilidades motoras, memória, e orientação espacial. Como podem constatar além de divertidos, também são benéficos para o desenvolvimento do nosso cérebro, concentração e aprendizagem.

Super Mario 64 é uma das mais aclamadas aventuras de Mario

Então como podemos prestar tributo a uma personagem que fez tanto por nós perguntam vocês? Bem, na verdade, é muito fácil.

  • Disfarça-te de Mario ou de outra das personagens dos seus jogos
    Mario, Luigi, Goomba, Koopa Paratroopa, Wario, Princess Daisy, Princess Peach, Donkey Kong, Toad, Bowser, Boo, Waluigi, Rosalina, ou até uma Piranha Plant, ou um Super Mushroom. Estas são apenas algumas das escolhas que te recomendamos.
  • Participa numa festa temática Mario
    Organiza ou participa numa festa temática de Mario. Pode ser numa sala totalmente decorada para a ocasião repleta de convidados disfarçados com deliciosas comidas temáticas de Mario, enquanto revistam as suas aventuras. Mario Party assenta que nem uma luva neste ambiente.
  • Desfruta de um ou mais dos mais de 200 jogos do Mario no conforto do teu lar
    Se decidires partilhar o dia no conforto do teu lar, o que não faltam são aventuras protagonizadas por esta simpática personagem. Sopra o pó dos teus cartuchos de Nes e Gameboy ou Nintendo 64 e deixa-te inundar pelos seus intemporais jogos.

Independentemente de como decidires celebrar este dia não te esqueças de partilhar nas redes sociais com as hastags #Mar10 e #Otakupt. Vamos juntos celebrar este dia!

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments