A CD Projekt RED não cedeu às exigências impostas pelos hackers para resgatar os seus arquivos no prazo de 48 horas, o que levou aos primeiros arquivos a serem divulgados publicamente na internet.

CD Projekt RED é vitima de um ciberataque

Estes foram partilhados por breves instantes pelo serviço de hospedagem de ficheiros Mega. Mesmo estando apenas disponíveis por uns minutos para todos os públicos, não foi preciso muito mais tempo, até se espalharem por diversas redes de hacking e forums como o 4Chan. O site CyberNews conseguiu aceder aos dados e verificou que de facto contêm o código-fonte de Gwent, um jogo de cartas virtual baseado em The Witcher 3: Wild Hunt.

Todos os dados possuem a data de modificação de 5 de fevereiro, o que pode indicar o dia onde em que ocorreu esta violação. Quantos aos restantes dados em posse de mãos criminosas, os códigos-fonte para Thronebraker, Witcher 3, Witcher 3 RTX e Cyberpunk 2077 estão neste momento a ser leiloados.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
light 701
light 701
11 , Fevereiro , 2021 17:34

Caramba, essa deve ter assustado a Cd, são realmente maus tempos para a empresa…, se tornarem o código de the Wichter publico, vai ser outro de um belo golpe na imagem do Studio