Ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden insulta criadores de videojogos

Ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden insulta criadores de videojogos

Os políticos geralmente procuram nos videojogos uma escapatória fácil para os muitos problemas estruturais da sociedade e o mais recente político a atacar a indústria dos videojogos foi Joe Biden, ex-vice-presidente dos EUA.

Biden falou recentemente sobre a sua experiência em conhecer vários produtores de videojogos e outros responsáveis pela indústria em Silicon Valley durante o seu mandato na Casa Branca. Segundo Biden, algumas das pessoas que ele conheceu não eram apenas “arrogantes” mas “pequenos sacanas”.

Em conversa com o New York Times ele comentou:

Deve lembrar-se, das críticas que recebi por me encontrar com os líderes em Silicon Valley, quando estava a tentar elaborar um acordo para lidar com eles para proteger a propriedade intelectual de artistas nos Estados Unidos da América. E, a certa altura, um dos pequenos sacanas que estava sentado ao redor da mesa, que era multi-perto de um bilionário – me disse que ele era um artista, porque conseguiu criar jogos para ensinar a matar pessoas…

E depois um dos líderes sénior deu-me uma lição ali ao dizer que se eu insistisse no que Leahy elaborou e íamos, eu pensei que íamos apoiar em pleno, que eles iriam arrebentar com a rede, em termos figurativos. Têm o contacto de toda a gente.

Como devem saber, Biden já falou sobre videojogos no passado, ou mais especificamente, videojogos violentos. De fato, a certa altura, ele propôs um imposto adicional sobre a mídia violenta, incluindo jogos violentos. Por outras palavras, não é muito surpreendente saber que ele tem um ódio de estimação pela indústria que cresce rapidamente.