A Microsoft não descarta o lançamento dos jogos da Bethesda Softworks na concorrência. Contudo, afirma que estes serão lançados primeiro nas consolas Xbox e PC, e segundo um executivo da empresa serão melhores nas plataformas proprietárias.

Tim Stuart, o diretor financeiro da divisão Xbox, explicou que a Microsoft pode optar por outro caminho que não seja a exclusividade total dos jogos da recém-adquirida Bethesda. Numa conferência comentou o seguinte:

“Neste momento, não temos intenções de retirar o conteúdo da Bethesda da Sony ou da Nintendo. O que queremos é que esse conteúdo exista primeiro nas nossas plataformas. Queremos que o conteúdo da Bethesda apareça o melhor possível nas nossas plataformas”. Não é uma questão de ser exclusivo, mas se pensarmos em algo como o Game Pass, e se surge melhor nesse local, é essa a meta que queremos alcançar, e direcionar, potencializando os assinantes do Game Pass através das produções da Bethesda. Não estou a anunciar a remoção de conteúdo nas outras plataformas, mas suspeito que continuarão a assistir a uma mudança de lançamentos nas mesmas”.

Como sabemos, a Microsoft comprou grupo ZeniMax Media, e consequentemente a Bethesda Softworks, numa transação de 7,5 biliões de dólares, anunciada em setembro.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal, até à sua atualidade. Devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também é adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.