Quebec aprova lei que pode ter sérias implicações nos videojogos e nos outros setores

No Quebec só se vai falar francês

De acordo com a Eurogamer, os videojogos e muitas áreas no Canadá estão imersos numa polémica imensa devido à “Bill 96“.

Isto porque o Quebec, é um território neste país onde os seus habitantes são fluentes quer na língua inglesa como na francesa, mas que com a aprovação da “Bill 96”, vai ser necessário fortalecer o idioma francês e as leis que o protegem, ou seja, esta língua vai ser a principal em todas as áreas sociais, nomeadamente nas áreas da política, saúde educação, e empresariais, que claro engloba os videojogos.

A lei vai impactar diretamente várias produtoras que operam diretamente no Quebec, como a Eidos Montreal, Gameloft, Ubisoft, Warner Bros. Games e Behaviour. Fontes anónimas apuradas pela Eurogamer e CBC já alegam que vários empregados estão atualmente pensando em abandonar o Quebec, conduzindo à extinção das empresas devido a esta nova lei, já que o inglês costuma ser a língua padrão dos videojogos, e vai ser muito difícil ter que de aprender francês do zero. Muitos também afirmam que a “Bill 96” dá uma imagem muito xenófoba do Canadá e dá a entender que o Quebec não é uma cidade acolhedora para estrangeiros. Uma coisa é certa polémica está servida e vai ter sérias implicações durante os próximos meses neste e nos outros setores.

FONTEEurogamer
Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
CFD
CF
1 , Julho , 2022 17:22

Fidelzinho Jr está on fire para destruir o Canadá 😂.