8 coisas que provavelmente não sabias sobre o criador de Hunter × Hunter

O mangaka Yoshihiro Togashi é famoso por criar Hunter x Hunter e Yu Yu Hakusho sendo que é igualmente conhecido pelos seus muitos e longos hiatos e pelo seu amor por videojogos.

Sem aparecer muito em público e sem se manifestar muito nas redes sociais, poucas pessoas o conhecem realmente. No entanto, existe agora um novo manga autobiográfico chamado Sensei Hakusho de Kunio Ajino, um antigo assistente de Togashi que esteve com ele desde o início de Yu Yu Hakusho até ao final da Level E em 1997 e onde são reveladas muitas peculiaridades sobre o famoso mangaka.

Com base na obra ficam aqui 8 coisas que provavelmente não sabiam sobre Yoshihiro Togashi.

 

1. Yu Yu Hakusho era para ter um título diferente

Togashi inicialmente queria que Yu Yu Hakusho (Poltergeist Report) se chama-se Yu Yu Ki (Poltergeist Record), mas quando outro manga intitulado Chinyuki (título em Kanji muito semelhante) começou a ser lançado na mesma altura, Togashi mudou o título do manga para Yu Yu Hakusho.

 

2. Ele tem problemas de costas desde Yu Yu Hakusho

Desde que Hunter x Hunter começou a ser lançado, tornou-se infame pela sua grande quantidade de hiatos. Embora alguns fãs digam que Togashi se está a atrasar por jogar videojogos (algo que o manga explica que acontece por vezes), é sabido que Togashi tem problemas de costas que o afetam há anos. Um dia, Ajino encontrou Togashi deitado no chão por pura dor durante a serialização de Yu Yu Hakusho, mas ele continuou a desenhar com a barriga para baixo, apenas pedindo que Ajino fosse comprar compressas quentes na loja de conveniência enquanto ele continuava a desenhar. Isto foi quando Togashi ainda estava nos seus 20 anos.

Quando eu o vi desenhar nessa condição, pensei sobre o quão difícil de ser a vida para um artista profissional de manga. Ao mesmo tempo, senti a força do senso de responsabilidade do Sensei

Ajino afirma que não se lembra de Yu Yu Hakusho ter feito uma pausa, exceto por apenas uma semana, quando Togashi foi fazer pesquisas para o manga.

 

3. Os seus assistentes nunca suspeitaram que ele tinha namorada

É uma história famosa na indústria que Yoshihiro Togashi é casado com a artista de manga Naoko Takeuchi, a criadora de Sailor Moon. No entanto, Ajino só tem uma história para contar sobre ela: um dia, eles ouviram uma mulher fora do estúdio. Ela deu a Togashi uma caixa de almoço e ele parecia muito feliz depois de voltar para dentro.

“Durante o tempo em que os assistentes estavam lá, não havia rastro de uma mulher na sua vida, tanto quanto pudemos ver”, Ajino explicou: “Eu realmente tenho que me perguntar quando ele teve tempo para romance”.

 

4. Ele deu aos seus assistentes conselhos minuciosos sobre as suas apresentações manga

Os assistentes de manga são geralmente artistas que estão a treinar para se tornarem criadores profissionais. Isso significa que muitos deles estão constantemente a tentar produzir trabalho que lhes permita estrear numa revista. Claro que os assistentes de Togashi não eram diferentes. Ajino lembra-se que apesar dele pedir a Togashi para olhar para o rascunho do seu novo manga quando ele tivesse tempo, Togashi imediatamente pegou no rascunho, sentou-se no chão para descansar as costas e começou a lê-lo. Ele ria-se alto quando encontrava algo engraçado.

Embora muitas das obras de Ajino não tenham sido aprovadas pelo departamento editorial da Shonen Jump, Togashi sempre lhe dava conselhos minuciosos para a sua próxima obra. Quando Ajino foi pressionado pelo departamento editorial para escrever um manga sobre desporto, ele hesitou devido à sua falta de conhecimento sobre o assunto. Togashi, no entanto, sugeriu que escrever um manga de desportos quando não conhecemos as regras permite espaço para ideias mais interessantes. Ajino também revela um concelho maldoso de Togashi: “Ouve o que o departamento editorial diz no início, e então, uma vez que comesses a vender, faz o que quiseres”.

 

5. Ele recusou deixar os seus assistentes fazerem a arte final

Num ponto do manga autobiográfico de Ajino, o assistente lembra-se de um certo período durante a serialização de Yu Yu Hakusho, onde Togashi não conseguia manter os prazos e estava a trabalhar para além do seu limite. Embora os assistentes devessem desenhar o background do manga, Togashi começou a fazer os fundos em linhas simples para poupar tempo. Apesar disso, Togashi era bom para com os seus assistentes, e nunca descarregou neles o seu stress.

Ajino lembra-se de acordar de uma sesta no trabalho e ouvir o editor de Togashi a conversar com ele, sugerindo que, uma vez que ele estava tão sobrecarregado, ele devia pelo menos deixar o desenho dos personagens para os assistentes. No entanto, Togashi disse ao seu editor: “Não … Essa é a única coisa que eu não quero fazer. Se eu fizesse isso … Eu acho que esse seria o fim da minha vida como um criador de manga”.

 

6. Apesar dos seus ganhos, as suas refeições eram modestas

Ajino contou no manga como as refeições de Togashi consistiam principalmente em bolas de arroz, caixas de almoço e café enlatado da loja de conveniência local, que ele e o outro assistente iriam comprar para o artista manga. De vez em quando, no entanto, os assistentes traziam-lhe take-out de um restaurante local quando saíam para uma refeição. Ajino observou que Togashi parecia feliz sempre que eles lhe traziam algo de volta do restaurante.

Para pagar as coisas que precisavam, Togashi entregava toda a sua carteira e permitia que os assistentes usassem o seu cartão de ATM para pagar. Com a sua aparência normal e uma habitação bastante pequena, Ajino lembra-se do editor de Togashi dizer ao criador: “É um desperdício não utilizares o teu dinheiro”. Naquela noite, Togashi levou o seu editor e assistentes para um restaurante caro e pagou a refeição. Com o sucesso de Yu Yu Hakusho, Togashi não estava com pouco dinheiro.

 

7. Ele conheceu Osamu Tezuka

Quando ele tinha apenas 20 anos, Togashi ganhou o Tezuka Manga Award em 1986 pelo seu trabalho Buttobi. Na cerimonia de entrega dos prémios, ele conheceu Osamu Tezuka, o criador de Astro Boy e da A princesa e o cavaleiro, que é conhecido no Japão como o “Deus do Manga”.

O lendário criador manga disse a um jovem Togashi

Por favor, cria mangas que deem sonhos às crianças

Tezuka faleceu apenas dois meses antes de Yu Yu Hakusho começar a ser lançado. Ajino também ganhou o prémio Tezuka anos mais tarde, mas nunca conseguiu conhecer o mestre.

 

8. Ele é bastante decente

Algo que Ajino deixa bem claro ao longo do seu manga é que ele gosta de Togashi como pessoa. Embora seja costume as empresas japonesas darem bónus aos seus empregados no verão e no inverno, os assistentes de manga freelancer não têm esse luxo. Apesar disso, Togashi decidiu dar aos seus assistentes bónus pelo seu trabalho árduo.

Ele também gostava de fazer piadas com os seus assistentes, e até mesmo escrever autógrafos para eles nos seus mangas. Uma vez, como uma piada, ele desenhou um esboço de Kenshin de Rurouni Kenshin (Samurai X) no volume do manga Yu Yu Hakusho de Ajino. Ele jogava videojogos e mahjong com eles, e até trouxe Ajino e o seu outro assistente de Yu Yu Hakusho para a Level E (apesar de não precisar de assistentes) apenas para lhes dar trabalho.

No manga Ajino afirma:

Eu acho que foi realmente um momento difícil para você, Sensei … Mas como assistentes, nós gostamos de todos os dias que passamos com você. Obrigado, Sensei