Começou a nova etapa do governo japonês contra a pirataria

Autores de Attack on Titan, Kimetsu no Yaiba, My Hero Academia e Gintama juntam-se ao programa de combate à pirataria

Começou a nova etapa do governo japonês contra a pirataria

Após a entrada em vigor da nova Lei de Direitos Autorais no Japão a 1 de janeiro de 2021, o governo japonês anunciou a entrada numa nova etapa do seu programa de combate à pirataria com a adição dos autores:

Shueisha: Takehiko Inoue (Slam Dunk), Koyoharu Gotouge (Kimetsu no Yaiba), Kouhei Horikoshi (Boku no Hero Academia). Hideaki Sorachi (Gintama), Yasuhisa Hara (Kingdom), Io Sakisaka (Ao Haru Ride), Karusho Shiina (Kimi ni Todoke) r Ai Yazawa (Nana).

Kodansha: Hajime Isayama (Attack on Titan), CLAMP, Chuuya Koyama, Nakaba Suzuki, Ikki Kajiwara & Tetsuya Chiba, Akiko Higashimura, Nobuyuki Fukumoto

Shogakukan: Gosho Aoyama, Mitsuru Adachi, Yumi Tamura, Minoji Kurata

Akita Shoten: Paru Itagaki, Konari Misato, Wataru Watanabe

Hakusensha: Umino Girl

Shufunotomo: Natsu Hyuuga & Touko Shino

Kadokawa: Mine Yoshizaki

A adição destes autores influentes ao movimento “STOP! Kaizokuban” aumentará a consciencialização sobre a questão da pirataria de mangá.

FONTESTOP! Kaizokuban
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.