Editoras JBC e Panini também se manifestam sobre a censura a HQ da Marvel

Além da NewPop, as editoras JBC e Panini também se manifestaram em suas redes sociais condenando o ocorrido no caso de censura da HQ da Marvel Comics na Bienal do Livro no Rio de Janeiro.

A JBC pediu respeito e afirmou ser a favor da liberdade de expressão e diversidade. Já a Panini, que foi uma das editoras atacadas no caso de censura, disse que “repudia toda e qualquer tentativa de censura discriminatória” e afirmou que “todos os títulos da editora seguem as recomendações de avisos e embalagens determinados pela legislação.”

As duas editoras já publicaram no Brasil obras voltadas para o publico LGBTQ, sendo que recentemente a Panini lançou no Brasil o manga O Marido do meu Irmão (My Brother’s Husband (Otouto no Otto) de Gengorou Tagame.