Golden Kamuy ganha 22º Prémio Cultural Osamu Tezuka

Golden Kamuy ganha 22º Prémio Cultural Osamu Tezuka

O jornal Asahi Shimbun revelou os vencedores da 22ª edição do Prémio Cultural Osamu Tezuka.

O grande prémio foi para o mangá Golden Kamuy de Satoru Noda cuja história se desenrola à volta de Saichi Sugimoto, um veterano da guerra russo-japonesa que vai para Hokkaido à procura de ouro para cuidar da mulher de um colega soldado. Ele junta-se a uma caçadora chamada Asirpa para encontrar ouro escondido por criminosos. Uma adaptação para série anime pelo estreou a 9 de abril nas TVs.

O prémio para novo criador foi para BEASTARS, um mangá de Paru Itagaki que o mês passado foi o grande vencedor do 11° Manga Taisho Awards. A história de BEASTARS acontece num mundo fictício onde animais carnívoros e herbívoros convivem em harmonia. A série mostra a historia de Regoshi, um lobo bastante sensível que faz parte do clube de drama da Academia Cherryton.

O prémio para obra curta foi para Oya-san to Boku e o prémio especial foi para Tetsuya Chiba (Ashita no Joe) pelo seu contributo ao longos dos anos para a indústria mangá.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.