Mangaká Shuho Sato perdeu ação contra a Amazon pelo Kindle

Capa do volume 1 de Umizaru
Capa do volume 1 de Umizaru

No passado dia 30 de março o Tribunal Distrital de Tóquio negou o processo do mangaká Shuho Sato contra a Amazon International Services, Inc.

Sato alegava que a companhia deixou de oferecer injustamente as suas obras no seu serviço de assinatura Kindle Unlimited e pedia 200 milhões de ienes (1,85 milhões de dólares) em danos.

Entre os mangás de Sato encontramos: Umizaru, Say Hello to Black Jack (um título que ele declarou livre de proteção de direitos autorais depois de cancelar o seu contrato com a Kodansha), a sequela New Say Hello to Black Jack e o mangá The Isle of TOKKOU, um mangá da Segunda Guerra Mundial sobre soldados japoneses imperiais em unidades de torpedos suicidas tripulados.

Umizaru foi publicado na Weekly Young Sunday da Shogakukan de 1999 a 2001 e possui 12 volumes. A NHK produziu dois especiais live-action em 2002 e 2003, e a Fuji TV produziu um filme live-action em 2004, uma série live-actiono em 2005, um segundo filme em 2006, um terceiro filme em 2010 e um quarto filme em 2012.

O mangá desenrola-se à volta da vida de mergulhadores da Guarda Costeira do Japão.