Nyx no Lantern ganha 24º Tezuka Osamu Cultural Prize

Nyx no Lantern ganha 24º Tezuka Osamu Cultural Prize

O jornal Asahi Shimbun anunciou os vencedores da 24ª edição do Tezuka Osamu Cultural Prize.

Os prémios comemoram as contribuições do pioneiro do mangá Osamu Tezuka (Astro Boy/Mighty Atom, Kimba the White Lion/Jungle Emperor, Phoenix, Black Jack), reconhecendo os mangás que melhor seguem a sua tradição.

Grande Prémio

Nyx no Lantern de Kan Takahama pela LEED Publishing (Torch, 2014-2019)

Nyx no Lantern de Kan Takahama

A história acontece em 1878 em Nagasaki, e desenrola-se à volta de uma jovem chamada Miyo, que tem o poder de ver o futuro tocando objetos. Ela aprende sobre o novo mundo ao seu redor através de uma série de novos itens que chegam de Paris.

Prémio Novo Criador

Mizu wa Umi ni Mukatte Nagareru de Rettō Tajima pela Kodansha (Bessatsu Shōnen Magazine, começou a ser publicado em 2018)

izu wa Umi ni Mukatte Nagareru de Rettō Tajima

A história desenrola-se à volta de Naotatsu, um rapaz que se muda para a casa do seu tio para frequentar uma nova escola, mas acaba por compartilhar a casa não apenas com o seu tio, mas também com outros três estranhos.

Prémio para trabalho Curto

Muchū sa, Kimi ni de Yama Wayama pela Enterbrain (Comic Beam, 2019)

Muchū sa, Kimi ni de Yama Wayama

Uma compilação das tiras mangá yaoi “Ushiro no Nikaidō”, de Wayama, com uma história original de 30 páginas.

O comité também concedeu o Prémio Especial à falecida Machiko Hasegawa, que completaria 100 anos a 20 de janeiro de 2020 (Hasegawa faleceu em 1992). Hasegawa é mais conhecida como a criadora do mangá Sazae-san que inspirou o anime com o mesmo nome, que detém o Guinness World Record para a série animada de maior duração.

O Asahi Shimbun tinha agendada uma cerimónia de entrega de prémios em Tóquio a 4 de junho, mas a disseminação do COVID-19 forçou um adiamento indefinido da cerimónia. O vencedor do Grande Prêmio receberá uma estátua de bronze e 2 milhões de ienes (cerca de 19 mil dólares), enquanto os outros vencedores receberão uma estátua de bronze e 1 milhão de ienes (9 mil dólares).