O futuro do mangá Berserk ainda não foi decidido

O futuro do mangá Berserk ainda não foi decidido

Todos ficamos em choque com a notícia da morte de Kentaro Miura, o autor do mangá de Berserk, e uma questão surge agora entre os fãs da obra, o que vai acontecer no futuro com o mangá? Será o mangá cancelado? Os seus assistentes vão continuar?

Na realidade nem a própria revista que lança o mangá sabe ainda. Numa resposta no twitter a um fã a Young Animal escreveu:

Lamentamos, mas o futuro de ‘Berserk’ no momento está incerto. Assim que a decisão for tomada, iremos informá-lo através da Revista Young Animal, por favor aguarde. Muito obrigado.

O que preferiam? Deixar a obra incompleta? Deixar os assistentes continuar?

Kentaro Miura começou a publicar Berserk em 1989 na revista Monthly Animal House da editora Hakusensha, para posteriormente transferi-lo para a revista Young Animal em 1992, onde continuou a publicá-lo até à sua morte em maio de 2021. O mangá inspirou uma adaptação para série anime de 25 episódios lançada em outubro de 1997 e produzida pelo estúdio OLM, bem como uma trilogia de filmes intitulada Berserk: Ougon Jidai-hen em fevereiro de 2012, junho de 2012 e fevereiro de 2013. Posteriormente, o mangá foi novamente adaptado para anime pelo estúdio GEMBA em julho de 2016 com 24 episódios.

Sinopse de Berserk

Marcado para a morte e destinado a ser assombrado por demónios até ao dia da sua morte, Guts embarca numa jornada para desafiar um destino terrível, enquanto ondas de bestas o perseguem implacavelmente. Armando com a sua determinação e a sua monstruosa espada, ele jura vingança contra o responsável, caçando o mesmo homem que ele admirava e considerava um amigo. Ao longo do caminho, ele encontra alguns aliados improváveis, como um pequeno elfo chamado Puck e Isidro, um jovem ladrão que quer aprender a lutar com o ex-mercenário. Conforme o grupo lentamente se reúne após decidir juntar-se a Guts na sua missão, eles enfrentarão um perigo incrível como nunca experimentaram antes.

FONTE@YoungAnimalHaku
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.