O que estamos a ver – 07 de Agosto de 2022

De uma forma resumida, falamos um pouco sobre o que vimos e deixamos o convite para em baixo nos comentários dizerem o que viram e jogaram na última semana.

Bruno Reis

Yurei Deco (05)

Os detetives Yurei recebem um novo caso para resolver. Desta vez Hack, Berry, Finn, e os restantes membros do grupo são convocados para descobrir o paradeiro digital do Nue, uma criatura que por alguma razão foi apagada dos registos online. Mais uma vez Yurei Deco retrata a sociedade atual de uma forma metafórica. Foi do mais interessante assistir aos efeitos que o “trending” pode induzir em nós, e como a manipulação de conteúdo corroí a verdade. O episódio fechou com uma vertente muito psicológica, dado que por vezes a melhor forma de honrar o existente é preciso deixar de existir.

Jashin-Chan Dropkick X (05)

A Jashin-chan recebe a visita de Persephone, a sua mentora e ídolo dos infernos. Contudo, parece que as brisas paradisíacas afagaram um pouco as suas chamas, e tornou-se mais leniente quer com demónios como com anjos. Como não podia deixar de ser, a Jashin-chan vê uma fraqueza nesta qualidade e recorre à psicologia para explorar a fragilidade de uma das anjos através de um balouço em forma de panda. O ponto mais alto deste foi novamente a quebra da “4th wall” onde a Jashin-chan gastou todo o dinheiro amealhado por fãs e investidores para a produção destes episódios, que como sabemos apenas existem pelo seu contributo.

Orient: Segunda Temporada (04)

Musashi é capturado, crucificado e estaria pronto a ser executado não fosse a intervenção de uma das “filhas” do enviado de Orochi. Orient, semana após semana, continua a receber mais conceitos e elementos para o seu mundo. No entanto, começo a pensar serem demasiados e se continuarem a surgir desta forma poderão ter um efeito muito contraproducente.

Tokyo Mew Mew New (05)

Com Mint Aizawa abatida devido à frieza da Zakuro, as suas amigas decidem visitar a sua majestosa mansão. Entre muita diversão, risos, inocência, e uma visita inesperada a segunda Mew Mew, reencontra a sua coragem e parte numa missão de salvamento.  Este foi o típico episódio dos mahou shoujos onde um problema central estende-se para revelar um passado trágico e a conciliação de amizades. Mas que raio de inuendos sexuais no jardim foram aqueles minha gente?

Dragon Quest: The Adventure of Dai (2020) (89)

Este episódio essencialmente serviu para ligar um ciclo e revelar a razão por que o Mystvearn absorve os ataques do Beastman. Julgo que o maior foco do mesmo foi o seu final, que abre portas para a verdade sobre os portadores do nome Veran, e descobrir se a minha teoria está certa. Não deixa de ser cómico ver o poderoso Crocodine revertido a um Speedwagon, como és ingenuo meu pobre crocodilo.

Helder Archer

O Predador: Primeira Presa (Prey)

Uma história do Predator no mundo da Nação Comanche há 300 anos. Vemos uma aspirante guerreira a lutar não só contra o Predator como também estereótipos.

É aquele típico filme de Domingo. Entretém, mas não passa disso.

Felipe Soares

Fuuto Pi (01)

Estreando fora do período comum de uma temporada de animes, no domingo passado foi lançado o primeiro episódio da adaptação para série anime Fuuto Pi (Fuuto Tantei), baseada no manga escrito por Riku Sanjou e ilustrado por Masaki Satou.

Sobre o episódio eu escrevi um texto de primeiras impressões em que falei o que achei do episódio da série.

Primeiras impressões de Fuuto Pi

Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco – Batalha do Santuário-

No domingo passado também estreou os primeiros dois episódios da segunda temporada do remake em CG do manga Saint Seiya/Os Cavaleiros do Zodíaco.

Os primeiros episódios iniciaram os acontecimentos da Saga do Santuário mostrando os Cavaleiros de Bronze passando pelas casas de Áries e de Touro. É interessante que estes episódios deram uma dinâmica e ritmo muito mais fluido e rápido, gosto que isso tirou um fator meio chato do anime clássico que era a demora para as coisas acontecerem e as lutas ocorrerem em vários episódios (algo que fazia sentido antigamente, mas que é desnecessário com o conteúdo do manga já pronto). Uma outra coisa que estou gostando bastante é a série se utilizar de elementos existentes do manga e mostrados em outras séries da franquia para criar seu universo próprio.

O principal ponto que gostei nesses episódios foi a produção da animação em computação gráfica. Fiquei realmente impressionado que existe textura em diversos elementos nos cenários e nas armaduras. Essa textura é mostrada tanto com estes elementos intactos, como também com eles danificados por causa da batalha.

Falando em questões de movimentação de personagens, creio que a Toei Animation seja o estúdio japonês que melhor trabalha em CGi atualmente. Falo isso não só pela boa animação CGi de Os Cavaleiros do Zodíaco, mas também pela boa produção em CG que o estúdio faz no remake de Dragon Quest e em One Piece.

The Devil is a Part-Timer! 2 (03)

O terceiro episódio da segunda temporada da série anime tem Satan e Emília levando sua “filha” no parque de diversões.

Apesar de ainda ter um bom foco na comédia, gostei que este episódio desenvolveu um pouco melhor a relação entre Satan e Emília. Mas o principal destaque deste episódio foi o desenvolvimento do universo da série. Achei bem interessante que esse desenvolvimento ocorre de forma bem simples, com Satan falando abertamente de sua infância e colocando a possibilidade dele ter se tornado o “senhor do mal” através da influência de uma pessoa externa. 

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments