Chegou o grande dia, finalmente a série animada Arcane, produzida pela Fortiche Production em associação com a Riot Games estreou na Netflix e nós aqui no OtakuPT tivemos a oportunidade de assistir antecipadamente aos primeiros 4 episódios. Em baixo encontram a nossa análise sem spoilers.

A série Arcane na Netflix está estruturada em 3 atos com datas de estreia diferentes. Temos o primeiro ato formado por três episódios que estreou hoje, 7 de novembro, o segundo ato vai estrear dia 14 de novembro e o terceiro e último ato vai estrear a 21 de novembro de 2021. Todos os episódios têm uma duração de aproximadamente 40 minutos.

Sabiam que League of Legends foi criado em 2009

Foi no último trimestre de 2019 que no evento comemorativo dos 10 anos de League of Legends que foi revelo que estava em produção uma série animada inspirada no popular videojogo pelas mãos da Fortiche Production, algo que imediatamente despertou o meu interesse por Arcane, afinal de contas o estúdio tinha acabado de ser projetado para o estrelato com o impressionante AMV das K/DA.

Tendo por base o enorme lore de League of Legends a série animada Arcane vai retratar os acontecimentos em Piltover, uma rica cidade que esconde um lado mais obscuro na sua história e o desenvolvimento da tecnologia hextech que dá a qualquer pessoa a habilidade de controlar a energia mágica.

Arcane é essencialmente uma história de origem no seu primeiro ato (três primeiros episódios) onde vamos conhecendo várias personagens que vamos acompanhar ao longo da série. Vamos assim ficar a conhecer a história das irmãs Jinx e Vi, que desde muito pequenas vivenciaram um evento traumático que moldará a sua personalidade para sempre. Vão ser igualmente apresentados Vander e Silco, dois personagens muitos importantes para a história, e que abrem até a porta para uma prequela.

Pelo caminho vai igualmente ser apresentada uma jovem Caitlyn que mais à frente vai receber o seu devido destaque e claro Jayce, o defensor da Cidade do Progresso e o impulsionador da hextech.

Nem só de ação vive Arcane

Vendo os trailers e tendo como génese um videojogo poderiam ser levados a querer que Arcane seria um desfilar de lutas, mas a série animada é muito mais profunda do que isso.

Fiquei agradavelmente surpreendido, a história de Arcane está muito bem pensada e executada, para além claro das lutas temos fortes e emotivas mensagens. Desde o seu início que foi abordada a questão da desigualdade social, da segregação e no final deste primeiro ato ficou bem patente e exemplificado com a personagem Jinx a questão da saúde mental, do stress pós-traumático.

Na série vemos ser explorado o delicado equilíbrio entre a próspera Piltover e a degradada Zaun com a tensão a crescer exponencialmente. Enquanto que em Piltover as atenções estão focadas na criação do hextech, uma forma de controlar a energia da magia, no extremo oposto vemos em Zaun, uma nova droga que transforma humanos em monstros. Claro está que estas duas realidades estão destinadas a chocar uma com a outra, abalando o “status quo” da sociedade.

Já no episódio 4, que poderão ver daqui a uma semana, temos um salto temporal e acompanhamos a vida dos personagens como jovens adultos. Com um maior destaque para Jinx, Jayce e Caitlyn, e a influência na sociedade da hextech.

Não fiquem preocupados se não conhecerem League of Legends, a série Arcane foi concebida para ser apreciada por qualquer pessoa, seja jogador ou não. A história não requer que tenham conhecimentos prévios sobre o jogo, no entanto, não foge às suas origens e se são fãs de League of Legends para além dos personagens vão encontram na série muitas referências ao jogo que ao espectador comum passarão completamente ao lado.

Estilo Fortiche

Um dos diferenciadores de Arcane é o seu estilo artístico, o que podemos casualmente apelidar de “Estilo Fortiche” que se tornou a imagem de marca da Fortiche Production e que em Arcane assenta que nem uma luva.

O videoclipe das K/DA tem 469 milhões de visualizações

A Riot Games acertou em pleno ao entregar a animação à Fortiche Production, o estilo visual é único e combina extremamente bem com a história que é contada. Aqui no OtakuPT entrevistamos em exclusivo o diretor de animação Barthelemy Maunoury e podem ler aqui a entrevista.

Exclusivo OtakuPT – Entrevista ao diretor de animação de Arcane, Barthelemy Maunoury

Arcane mistura animação CG com animação tradicional 2D de uma forma magistral, sem ser um visual forçado ou artificial, digo mesmo que alguns até terão dificuldade em identificar quais partes são CG, o que diz muito da qualidade de produção de Arcane, já vimos muitos animes de grandes estúdios que não conseguem fazer o que Arcane conseguiu.

Arcane é visualmente impressionante!

Os visuais de Arcane não mentem, é uma série por animadores europeus, aliás pelo design de personagens e estilo facilmente nos apercebemos que grande parte dos animadores são o resultado das escolas de animação europeias, nomeadamente das francesas, estou a olhar para ti Gobelins, L’École de L’Image.

A animação europeia sempre foi o patinho feio da indústria da animação, mas Arcane mostra todo o seu potencial e mostra que a animação feita na Europa é suficientemente diferenciada para fazer frente ao que de melhor se faz nos USA e no Japão.

Em Arcane vão encontrar uma excelente direção de fotografia, momentos épicos e algo que eu gostei muito, um bom design de personagens com expressões faciais super emotivas. A Fortiche Production mostrou aqui todo o seu talento, é algo que muitas produções têm em animação dificuldade em fazer, mas as expressões faciais em Arcane são do melhor que tenho visto.

Uma palavra também para a música, foi bem escolhida e adequou-se em pleno à história de Arcane sendo bem implementada. Como tema principal temos Enemy dos Imagine Dragons.

Arcane está disponível com áudio em inglês, português do Brasil, francês e espanhol e legendas em português.

Arcane é bom, muito bom!

Arcane consegui um excelente equilíbrio entre boa animação, história interessante e uma excelente execução, para mim é uma das melhores animações de 2021.

Subscreve
Notify of
guest
5 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Over persephine
Over persephine
7 , Novembro , 2021 17:02

Gente so eu fiquei assustado com o fato de existirem yordles prostitutas? que bizzarro.

Shinji é um bom personagem
Shinji é um bom personagem
7 , Novembro , 2021 16:33

“A animação europeia sempre foi o patinho feio da indústria da animação, mas Arcane mostra todo o seu potencial e mostra que a animação feita na Europa é suficientemente diferenciada para fazer frente ao que de melhor se faz nos USA e no Japão.”

Cartoon Saloon, SPA Studios, Aleksandr Petrov, Ernest & Celestine, As Bicicletas de Belleville, Com Amor, Van Gogh : nós somos uma piada pra vc?

jeffe
jeffe
7 , Novembro , 2021 14:18

achei bom pra caramba, mas pensei que a historia ia ser lançada de uma vez só

Noᥙzᥱᥒ Ψυκιησ
Noᥙzᥱᥒ Ψυκιησ
8 , Novembro , 2021 0:27

Essa música da série, meu amigo… BOM DMS!

toygame
toygame
8 , Novembro , 2021 12:15

Eu gostei dos 3 eps lançados