Blend S – Uma mistura de gostos e cores

Artigo enviado por Jonh Vini.

“♫Smile, Sweet,Sister, Sadistic, Surprise, Service, We are Stile♫”, sim vos trago um anime moe, como se Lucky Star não fosse, mas Blend S é um anime simples e apaixonante, mas para não deixar sua Hype morrer eu(Jonh Vini) apresento uma review tão apaixonante, nível de eufemismo: +9000, quanto o anime é.

 

Sinopse

Sakuranomiya Maika é uma jovem bastante proativa, com o desejo de se tornar independente para viajar pelo mundo, já que sua família é bastante tradicionalista e como japonesa tradicional possui uma pele branca, longos cabelos negros e um jeito introvertido, mas ela possui um “defeito”: um sorriso sádico, com isso não consegue arranjar um emprego de meio período, para ter uma grana para viajar Around World, no meio dessa desilusão ela se encontrou, à moda de romance adolescente, com um estrangeiro que segue a padrão japonês(Cabelo loiro e olhos azuis), alguns dias após esse encontro ela passa por um Maid cafe e ver que possui vagas, logo era entrar no estabelecimento para tal fim e encontra como o mesmo estrangeiro, que por acaso é o dono do estabelecimento, sendo um otaku hardcore, depois disso temos os mais demasiados histórias dela nesse estabelecimento comercial mais Shaft de Akihabara.

Um Clássico.
Um Clássico.

 

Ficha Técnica

 Blend S é um manga da Kirara Carat, a mesma revista de outras obras fofas como New Game, Anima Yell! e Hidamari Sketch, o autora da obra é Nakayama Miyuki que sua obra publicada desde Agosto de 2013 com cinco volumes já publicados, lembrando que ocorreu um hiato entre o volume 4 e 5 de praticamente um ano, nesse período não ocorreu nenhum lançamento do mangá fora das terras nipônicas.

Espero que venha um dia em português.
Espero que venha um dia em português.

Já o anime caiu nas mãos da A-1 Pictures que lançou nas tvs e Streamings ao redor do mundo, inclusive na Crunchyroll, no dia oito de Outubro até 24 de Dezembro de 2017, com doze episódios ao todo, o mais engraçado é que seu diretor nunca dirigiu um trabalho por si só, Masuyama Ryouji já foi diretor assistente The Idolm@ster:Cinderella Girls, mas trabalhou em grandes séries como Evangelion, Little Witch Academia, Ghost in the Shell: Arise, Black Rock Shooter e na primeira série de The Idolm@ster, com um bom histórico era esperado que ele faça um bom trabalho.

Acertou de primeira.
Acertou de primeira.

Já o compositor de série tem carreira até que longa nos Doushinjis, tanto que três dos seus trabalhos foram adaptados, não procurem pois são todas obras para lolicons, mas o que se destaca em Zappa Gou são os seus trabalhos recentes pois ele escreveu para animes como Tenshi no 3p!, Beatless, Netoge e mais recentemente Bokutachi wa Benkyou ga Dekinai, como podem ver apenas Blend S é uma obra mais diversificada no currículo desse autor.

Só escreve coisa adulta.
Só escreve coisa adulta.

O cara responsável por simplificar o traço de Miyuki para a staff tem até um know-how em moe pois o character design de Gochuumon wa Usagi Desuka? são dele, mas Okuda Yousuke também foi chefe de animação do mesmo e  de alguns episódios High School Fleet, um filme de Love Live e Conception, em Blend S ele também foi diretor de animação, mas não fez tudo sozinho pois Sasaki Takahiro(character design em Kitakubu Katsudou Kiroku, chefe de animação Gochuumon, Akiba’s Trip e Sasami-san@Gambaranai) e Inoguchi Mio(Key animation em várias obras como Working!!, SAO e Darling in the Franxx) ajudaram na produção e diria que produção, não tivemos nenhum episódio com o character design torto, com exceção das piadas, muitas das cenas foram constantes, a minha única reclamação é justamente pelo brilho constante que as vezes machuca a vista, tirando isso o anime é muito bonito e bem animado.

Coletania dos trabalhos de Yousuke(em cima), Takahiro(no meio) e Mio(em baixo)
Coletania dos trabalhos de Yousuke(em cima), Takahiro(no meio) e Mio(em baixo)

Já o compositor musical é até conhecido pois Kikuya Tomori já trabalhou com em Asobi ni Iku yo!, Nisekoi, Imouto sae ireba Ii e recentemente Yuragi-sou no Yuuna-san em ambos fez um bom trabalho, tal qualidade segue em Blend S como trilhas simples, mas animadas durante os episódios.

O Monstro do baixo
O Monstro do baixo

 

Opening e Ending

Indo para as aberturas e encerramentos dessa obra possui até um certo relevância para o público otaku em geral, mais a abertura que o encerramento, falando do dito cujo, Bon Appétit♡S (ぼなぺてぃーと♡S) cantada pelas dubladoras do anime é bastante conhecida, talvez você já tenha visto ela nas suas redes sociais ou até mesmo no Youtube através de memes online, se tornou viral justamente por captar toda a alegria da obra.

Exemplo acima
Exemplo acima

Já a ending, Detarame na Minus to Plus ni Okeru Blend Ko (デタラメなマイナスとプラスにおけるブレンド考), não tem tanto reconhecimento, mas ainda é cantada pelas as dubladoras da obra.

 

Os dubladores e os dublados

Agora vamos da alma dessa obra: os personagens, pois eles fazem tanto a obra, quanto o próprio Stile(o maid cafe), começando com os primeiros personagens apresentados na obra, primeiramente falando da Sakuranomiya Maika, basicamente ela é nossa garota alegre, fora do Stile, pois dentro do estabelecimento, explicando rapidamente o Cafe Stile é um Maid Cafe tradicional, ou seja é cheio de garçonetes vestidas de empregadas, geralmente no estilo vitoriano, que se “interpretam” um estereótipo de animes desde moe até a sádica, lembrando que pode ter Maid cafés com homens; terminando o que vocês acham que estereótipo que nossa heroína interpreta? Se foi sádica, vocês acertaram e isso justamente pelo seu sorriso “caridoso”, mas no fundo ela ainda é uma garota fofa, por isso que ela perde ajuda para suas veteranas para ajudar ela entrar no papel, já Dino(o italiano) é um Otaku “sangue-puro”, que assisti os animes até mesmo na madrugada e fica acaba ficando com sono no dia seguinte, o que estranha é justamente ele abrir um restaurante, não um maid café por ser um otaku; os dubladores são até pouco conhecidos, mas por lado de Waki Azumi(Katagiri Sanae de Cinderella Girls Gekijou, Special Week de Uma Musume, Galko de Oshiete no Galko, Rem de Isekai Maou e recentemente Senko de Sewayaki Kitsune no Senko-san) por não ter pregado tantos papéis como a Maika, sim quantidade ao invés de qualidade, em relação a Tomoaki Maeno (Juichi Fukutomi de Yowamushi Pedal, Kanejo Keiichi de B Gata H Kei, Charles Phipps de Kuroshitsuji, Pain de Naruto, Ooyama Takeru de Maken-ki, Tachibana Junichi de Amagami SS e  o Glóbulo  branco (neutrófilo) U-1146 de Hataraku Saibou) que dublou Dino, mas a qualidade de ambos é boa e passa sua qualidade para seus personagens.

A novata e o veterano.
A novata e o veterano.

Indo para o segundo par, ou os primeiros colegas de Maika que apareceram na obra, Hinata Kaho é a senpai de fato, ela interpreta a Tsundere no café, mas no lado de fora é apenas uma gamer que trabalha para conseguir comprar suas coisas pois ela é apenas uma colegial normal, já Akizuki Koujou é praticamente igual ao seu patrão, só que é um japonês, seu gosto otaku é mais puxado para o Yuri do que nosso italianinho, mas ele não é tão expositivo quanto o mesmo; para seus dubladores temos um adendo, não para Kito Akari(Hinagiri Yonaka de Alice to Zouroku, Calen de Time Bokan 24, Honsho Aru de Hitoribocchi to MaruMaru Seikatsu, Kamado Nezuko de Kimetsu no Yaiba e Siluca Meletes de GranCrest Senki) que basicamente não tinha feito muitos papéis antes de Kaho e sim Suzuki Tatsuhisa(Ban de Nanatsu no Taizai, Tachibana Makoto de Free, Sakamoto Yuuji de Baka to Test, Nase Hiroomi de Kyoukai no Kanata e Hiiragi Shinya de Owari no Seraph) que além de dublar Akizuki também dubla Dono(Owner), o mascote da Stile que basicamente entra no anime no final da obra.

O Tsun e a Dere
O Tsun e a Dere

Partindo para a primeira surpresa da obra pois Hoshikawa Mafuyu aparenta ser menor de idade, tanto que sua personagem no Stile é a Irmãzinha, mas apesar dos seus colossais um metro e trinta centímetros(130 cm) ela possui vinte anos de idade, mais uma otaku no estabelecimento que diferente do dono é mais controlada nos seus hobbies, a piada fica completa ao saber que Haruno Anzu possui um metro setenta (170 cm, suposição), fora que só fez papéis pequenos, tanto de participação quanto à altura das personagens, tirando Mafuyu temos Shigaraki Kozuyu de Yuragi-sou no Yuuna-san, Ramiris de Tensei Shitara Slime Datta Ken, Yasaka Misora de My Roommate is Cat, Gotou Moka de Keppeki Danshi! Aoyama-kun e Amamiya Ana de Star Twinkle Precure em sua curta carreira.

Uma grande dubladora, de altura.
Uma grande dubladora, de altura.

Terminando com as surpresas temos Amano Mio e Kanzaki Hideri, a primeira parece tranquila, calma, parece uma simples jovem adulta, mas a máscara começa a cair quando descobrimos que seu estereótipo que ela interpreta é a irmã mais velha(Onee-sama), ela é uma autora de Boys Love de primeira e suas obras são bastante “reveladoras”, tanto nossa pura protagonista se corrompe ao simples olhar num desses volumes, já Hideri é simplesmente a nossa Idol, tanto dentro quanto fora da Stile, mas então porque na opening o S dela é suprese Vocês me perguntam, bem fala sobre isso seria um spoiler grande demais(pleonasmo on) para série, mas não é spoiler que sua dubladora, Tokui Sora, é a mesma da Yazawa Niko(Niko Niko ni) de Love Live, fora Yuzurizaki Nero de Milky Holmes, Tsukuyomi Luna de Genei wo Kakeru Taiyou, Jouga Maya de Gochuumon wa Usagi Desuka? e Hacchin de Nazotokine, já Amano Mio é dublada por Tanezaki Atsumi que também dublou Hatori Chise de Mahoutsukai no Yome, Mishina Lisa de Zankyou no Terror, Nishinosono Mio de Subete ga F ni Naru, Igarashi Kyouko de Cinderella Girls Gekijou e atualmente Houzuki Satowa de Kono Oto Tomare!, ambas fizeram um ótimo trabalho com suas personagens

A fujioshi e a Idol.
A fujioshi e a Idol.

 

Considerações Pessoais

Bem apenas não recomendo Blend S para aquelas pessoas que não consegue assistir um slice-of-life, que dorme ao assistir Clannad After Story ou até mesmo acha que ACCA é fraco por não ter ação, Blend S é um ótimo anime simples e nada complexo, tudo que ele quer dizer é mostrado no frontground, suas piadas são boas justamente pelo nosso entendimento com os estereótipos de otakus que sempre é apresentado nos demais obras.

Um Lolicon a Menos no mundo.
Um Lolicon a Menos no mundo.

Nesse anime 8/10 é interessante para aqueles que buscam obras leves e divertidas sem abrir mão de qualidade de animação e uma simples sonoplastia, com personagens interessantes e bastantes engraçados, uma das melhores obras recentes da A-1 Pictures em quesito de qualidade de character design e consistência.

Bem é isso, para o pessoal que assistiu o anime, deixe um comentário sobre a sua experiência com a obra para o pessoal que não viu ganhe mais coragem para assistir; e isso é tudo Jonh Vini aqui, a espera de vossos Feedbacks e até mais.

O OtakuPT é um site internacional composto por elementos de várias nacionalidades dedicado a anime, mangá, videojogos e cultura POP.
Subscreve
Notify of
guest
2 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Marcio Hoglhammer Moreira
Marcio Hoglhammer Moreira
26 , Agosto , 2019 7:44

Ainda não assistir , mas me diverto vendo a OP ^^

Alessandro Silva Costa
Alessandro Silva Costa
Reply to  Marcio Hoglhammer Moreira
19 , Novembro , 2020 1:36

Pois assista, o Blend-s é muito divertido.