Boogiepop wa Warawanai – Ep. 4 a 7: Juventude e pressão social

Boogiepop wa Warawanai – Ep. 4 a 7 Juventude e pressão social

Depois de um pequeno período de hiato, chegou a analise dos episódios quatro a sete de Boogiepop wa Warawanai. Neste episódios vemos um professor que deseja florescer o melhor sentimento das pessoas, membros de uma organização buscando uma forma de chamar a atenção de Boogiepop e um ser misterioso que todos os seres com poderes desejam encontrar.

Um fator que torna esta série interessante é claramente a forma como ele trabalha assuntos do cotidiano japonês (mas que poderia ser o cotidiano de qualquer pessoa) como pano de fundo enquanto que a frente vemos uma história fantástica envolvendo organizações secretas e seres mágicos. Primeiramente temos o professor que possui o dom de ver os sentimentos como uma flor e que através da conversa faz esta flor desabrochar, é interessante notar que como professor conselheiro ele consegue aflorar o melhor sentimento de uma pessoa através da conversa, porem ele não sabe como aflorar sentimentos melhores para si mesmo e depende de ganhar poderes externos e uma forma estranha de ajudar adolescentes para conseguir tentar aflorar seus próprios sentimentos após não conseguir ajudar uma aluna.

Depois temos o aluno que deseja não se destacar enquanto ganha popularidade através de simples ações. Neste caso fica interessante notar que ele possui muitos características que poderiam fazer dele um personagem com muitas habilidades, porem ele segue para um lado aonde deseja ter uma vida simples até o momento em que salva uma garota em um beco. A garota que ele salvou acaba sendo apenas uma isca para que ele saísse de seu local comum, enquanto ela vai sendo utilizada para explorar ele aos poucos para cumprir objetivos obscuros de uma organização.

Boogiepop wa Warawanai – Ep. 4 a 7 Juventude e pressão social

Enquanto a historia do professor e destes dois jovens vão sendo desenvolvidos no decorrer do arco ocorre em paralelo o uso de personagens secundários para mostrar através de forma de analogias a pressão social que ocorre no cotidiano de um jovens estudante para conseguirem entrar na melhor escola/universidade e neste processo eles acabam sacrificando parte de sua juventude. Como exemplo temos o estudante que se apaixona por um colega de classe e que tenta se aproximar dele (em um ponto próximo de se tornar um stalker) e que, após ser atacado, se torna um tipo de zumbi com foco apenas em aumentar suas notas e entrar em uma determinada escola. 

Neste arco o roteiro é muitos mais linear em seus acontecimentos, mas a inserção de muitos personagens secundários e a ligação entre os personagens destaque acabam servindo mais para dar continuidade aos questionamentos sociais que giram o arco como um todo. A edição do episódios também foi muito bem trabalhada ao mostrar diversos momentos da historia por pontos de vista diferentes e a fotografia em cada ponto de vista mudava, mostrando um cuidado da equipe de direção em evitar que a mesma cena fosse mostrada da mesma forma.

No geral, estes quatro episódios de Boogiepop wa Warawanai continuam revelando que a série é uma das surpresas nesta temporada ao misturar de forma esplendida um lado fantasioso em primeiro plano e questões do cotidiano humano em segundo plano. Este arco ainda não esta finalizado mas tenho boas expectativas pela forma como este arco poderá ser fechado ligando todas as pontas que existem. A animação nestes episódios foi consistente, mas o destaque ficou com o cuidado que esta sendo tomado no roteiro, ligar os acontecimentos dos personagens, e na direção da edição, ao mostrar diversos momentos da historia por pontos de vista diferentes de uma forma que não a tornava uma cena repetitiva.

Boogiepop wa Warawanai – Ep. 4 a 7 Juventude e pressão social