China proíbe anime com temas violentos ou eróticos

Proibição da produção e distribuição de "conteúdo de animação vulgar ou violento" na China. Partido Comunista quer que emissoras evitem artistas com "posições políticas erradas" e estilos "efeminados", e que deve ser cultivada uma atmosfera patriótica

Vários meios de comunicação chineses estão a reportar que o governo chinês proibiu a produção e distribuição de “conteúdo de animação vulgar ou violento” no seu território, com o objetivo de que as empresas produzam “conteúdo saudável” para a população. Não está confirmado como isto vai acabar por afetar a indústria anime no Japão, já que muitas empresas chinesas terceirizam processos de animação no Japão.

O Partido Comunista quer assim suprimir qualquer conteúdo violento, vulgar ou pornográfico.

O órgão regulador da radiodifusão na China afirmou que as crianças e os jovens são o principal público das séries de animação, e que as agências devem transmitir conteúdos que “defendam a verdade, o bem e a beleza”.

Depois de anos de crescimento descontrolado, os reguladores chineses têm procurado aumentar o controlo, aumentando a vigilância sobre um grande número de setores, que vão desde tecnologia, educação e cultura. No início do mês, a China ordenou que as emissoras evitem artistas com “posições políticas erradas” e estilos “efeminados”, e disse que uma atmosfera patriótica deve ser cultivada. A China aumentou as sanções aos atores que se envolveram em comportamentos ilegais ou “antiéticos” e puniu as agências associadas a eles.

A Administração Nacional de Rádio e Televisão também endureceu a regulamentação dos salários das estrelas após uma série de escândalos de celebridades relacionados à evasão fiscal e agressão sexual.

As medidas drásticas têm sido parte de um esforço mais amplo para intervir em todos os aspectos da cultura e da economia do país, com o governo também a prometer combater a desigualdade, o aumento dos preços das propriedades e as instituições educacionais com fins lucrativos. O Partido Comunista celebrou o seu centenário em julho, e o presidente Xi Jinping comemorou a ocasião prometendo “aumentar” os poderes do partido e fortalecer a unidade do povo chinês. O partido pode censurar qualquer coisa que considere violar os valores socialistas fundamentais e já tem regras rígidas sobre conteúdo que vai de videojogos a filmes e música.

Subscreve
Notify of
guest

10 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Edenilson Pontes
Edenilson Pontes
27 , Setembro , 2021 21:07

Se isso acontecer é possível que tenhamos menos animes por temporada pois é da China que vem boa parte dos investimentos. Notícia ruim pra animes como Kaifuku que teve grande parte dos lucros vindos da China, e como esse anime foi banido em outras partes do mundo ele pode ter problemas pra conseguir repetir os lucros da primeira temporada.

Diogo
Diogo
27 , Setembro , 2021 19:22

A Bandai namco holdings vai ser uma das primeira a seguir as medidas. China e a principal foco em investimento Bandai para próximo anos.

CaioVictorFA
CaioVictorFA
27 , Setembro , 2021 21:49

Como sempre na China não pode nada, puta merda que país merda viu.

Thomas
Thomas
27 , Setembro , 2021 23:46

A tristeza vai ser caso eles queiram censurar os donghuas que eu assisto. The Kings Avatar, Versatile Mage, Tales of Demons and Gods. Pouco importa se vai diminuir os animes por temporada, eu estava adorando os donghuas que estavam esbanjando tanto em animação quanto em roteiro.

Josiel Pires
Josiel Pires
27 , Setembro , 2021 21:12

so vai ser permitido animes drama,comedia,

fundashi666
fundashi666
Reply to  Josiel Pires
27 , Setembro , 2021 21:38

Na verdade todos os animes vão ser banidos da china

Anduin Lothar
Anduin Lothar
27 , Setembro , 2021 23:21

deu merda………

luiz
luiz
28 , Setembro , 2021 4:31

Para refletir

isso que tem rolado na China, são exatamente OS MESMOS discursos de “valores de família” que vemos através de políticos ditos religiosos e das facções evangélicas da idade média

quem aqui já não ouviu que anime é do demônio?
ou q ” essas coisas estimulam a homosexualidade com seus personagens afeminados”?
quem aqui não viu esse pessoal culpar games por violência (como o caso do cinema, que culparam quake ou daquele garotinho com assassin’s creed)
que demonizam games por vícios, q são “a tentação do demônio”, entre outros tipos de idiotices?

Por isso, é importante que todos pensem muito bem no tipo de gente para quem se dá poder, pq a diferença deles lá e daqui é apenas que os daqui não tiveram oportunidade de fazer igual

PedroTP
PedroTP
28 , Setembro , 2021 10:48

Já estava a ver isso acontecer, também é só mais um dia na China

Tekomo Nakama
Tekomo Nakama
29 , Setembro , 2021 1:41

Os cidadãos chineses estão dentro de uma Matrix, coitados