Comité de ética japonês diz que Higehiro promove atividades criminosas

O , o comité de ética de radiodifusão japonesa, recentemente pronunciou-se sobre a adaptação para anime da novel Hige o Soru. Soshite Joshikousei o Hirou. (I Shave My Beard. Then I Pick Up a High School Girl.) de Shimesaba (história) e booota (ilustração) que estreou a 5 de abril de 2021.

Podemos ler no seu mais recente relatório:

[Opiniões sobre a promoção de crime] Numa série que é exibida à noite, um funcionário de escritório na casa dos 20 anos esconde uma menina que fugiu de sua casa sem avisar a polícia ou os seus pais. O protagonista parece pensar que o objetivo desse ato é garantir a segurança da menina, mas também pode ser interpretado como o sequestro de uma menor. Além disso, o protagonista recrimina a estudante quando ela se oferece para fazer sexo com ele em troca de deixá-la passar a noite em sua casa, mas isso também é interpretado como prostituição. A história toda é comovente, mas não é maliciosa?

Neste caso, o BPO recebe os comentários da audiência e filtra-os para publicar os mais relevantes ou aqueles com os quais o comité de avaliação concorda, o que significa que esta é também a opinião do próprio comité. Deve-se notar que esta organização é não governamental e não tem controlo real sobre as transmissões, portanto, esta opinião negativa sobre a série não afetará diretamente a produção podendo, no entanto, influenciar a opinião pública.

A animação é da responsabilidade do estúdio  (Hentai HxEros), a direção é de Manabu Kamikita, o design de personagens é de Takayuki Noguchi (Ro-Kyu-Bu!, Queen’s Blade 2: The Evil Eye, Rail Romanesque) e o argumento é de Deko Akao (Noragami, Snow White with the Red Hair, If My Favorite Pop Idol Made it to the Budokan, I Would Die). A produção é da Dream Shift (The Ryuo’s Work is Never Done!).

Sinopse de Higehiro 

O trabalhador de escritório Yoshida está apaixonado pela seu colega de trabalho, Airi Gotou, há cinco anos. Apesar de finalmente marcar um encontro com ela, a sua confissão é prontamente rejeitada. Bêbado e desapontado, ele tropeça a caminho de casa, apenas para encontrar uma estudante do ensino médio sentada ao lado da estrada. A menina, que precisa de um lugar para passar a noite, tenta seduzir Yoshida. Apesar de rejeitar os seus avanços, ele convida-a para o seu apartamento.

Na manhã seguinte, a menina, apresentando-se como Sayu Ogiwara, revela que fugiu de Hokkaido até Tóquio. Durante os seus seis meses de fuga, ela trocava favores sexuais por um teto sobre a sua cabeça. Yoshida, no entanto, permanece indiferente à sua sedução. Em vez disso, ele pede que ela faça um tipo diferente de trabalho – que envolve lavar a louça e lavar a roupa. E assim, um relacionamento comovente entre um adulto de coração partido e uma menina fugitiva do ensino médio começa.

FONTEBPO
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.