Incendiário da Kyoto Animation enviou mais que uma novel para o concurso anual

Kyoto Animation não recebeu uma novel do incendiário, mas sim, múltiplas novels dele para os Kyoto Animation Awards.

Incendiário da Kyoto Animation enviou mais que uma novel para o concurso anual

A semana passada noticiámos que a Kyoto Animation suspendeu temporariamente a 11ª edição dos Kyoto Animation Awards, um concurso de escrita que muitos alegam ter estado na origem do ataque ao estúdio de animação que provocou 35 mortos.

A quando do ataque a Kyoto Animation afirmou inicialmente que desconhecia o atacante e que este nunca tinha enviado nenhum trabalho para o estúdio, sendo que mais tarde veio a confirmar que tinha de facto recebido uma novel da pessoa que incendiou o estúdio. No entanto, surge agora a informação que na realidade a Kyoto Animation recebeu múltiplas obras do criminoso.

Um mês após o ataque o incendiário continua hospitalizado e a receber tratamento, e quando este foi capturado afirmou que a Kyoto Animation tinha roubado a sua novel, sendo que o estúdio prontamente afirmou que a novel que ele submeteu foi logo imediatamente recusada não passando à segunda fase do concurso e que nenhuma obra da Kyoto Animation se assemelhava à história por ele submetida.

Com o avançar da investigação a Reuters Japan vem agora revelar que segundo os investigadores a Kyoto Animation não recebeu uma novel do incendiário, mas sim, múltiplas novels dele para os Kyoto Animation Awards.

Várias novels eram histórias sobre os dias de escola de alunos do ensino médio, levantando a possibilidade de que o criminoso acreditasse que elementos das suas novels enviadas foram copiados pela Kyoto Animation nas suas séries anime.