Meu Anime #22

Meu-Anime-n-22Essa deve ser a edição da coluna com menos animes desde sua estreia por causa do hiato de Regalia e porque ainda não consegui retomar os animes da temporada anterior. Mas essa semana não foi grande coisa mesmo, não tem nota maior que 3,5 – mas tem três notas abaixo de 2,5.

Você também não fica com a impressão que a semana foi no máximo morna? Comenta aí, como sempre! De todo modo acho que faz sentido, não faz? A temporada está entrando no meio agora, os animes estão mais “calmos”, construindo o enredo ou desenvolvendo personagens, e as surpresas e grandes efeitos das estreias já passaram. Aqueles que não tiverem nenhum meio-clímax só devem voltar com tudo no final do mês ou no mês que vem.

Enfim, já escrevi bastante genericamente, leia agora os casos concretos em meus comentários sobre os animes que assisti nessa semana!

91 Days

Episódio 4

Bom episódio que retratou quase literalmente uma luta entre Davi e Golias – com direito ao Angelo usando uma gravata como funda! E muita gente parece não ter entendido o ponto pelas coisas que andei lendo na internet. Sim, foi um episódio mais engraçado, sim, teve comédia, mas de forma alguma foi um episódio leve. 91 Days não mudou. O Angelo estava o tempo inteiro de cara fechada para lembrar isso a todos, e a conversa dele com o Nero no acampamento foi o momento mais sinistro do episódio inteiro.

Nota: ???½

Alderamin on the SkyAlderamin on the Sky - 4_2

Episódio 4

Como esperado, o Ikuta humilhou o adversário. O interessante foi notar como apenas um dos irmãos do Tolway é estúpido. Os dois são orgulhosos mas o caladão é inteligente pelo menos. Mas o mais importante provavelmente foi a Yatri: ela é psicopata assim mesmo? Acho que o termo melhor para isso seria berserker, guerreiro que luta em fúria imparável. Quero dizer, certamente não era necessário matar todo mundo, era? Tenho certeza que alguns ali estavam dispostos a morrer, mas chuto que a maioria, frustrado o plano, se entregaria – ainda que isso de todo modo provavelmente significasse a morte por pena capital. Imagino se essa característica da Yatri vai voltar a ser importante – o Tolway parecia ter medo de matar mas nesse episódio ele já está bem resolvido quanto a isso. E a princesinha inicialmente preocupada com o Ikuta, depois assustada por ter sido capturada, com raiva também por ter tido o orgulho real ferido, aposto, então aturdida pela carnificina causada pela Yatri e finalmente com ciúme pela proximidade dela com o Ikuta, desabou em prantos. Agora ela é muito nova mas com certeza ainda vai cortejar o protagonista no futuro, a tensão ali está muito grande.

Nota: ???½

Amaama to Inazuma

Episódio 5

Donuts são uma coisa muito feliz mesmo, adoraria ter um, dois ou cinco para comer agora. E o pai é bastante mole hein? Já ia chorando de novo. Mas acho que dá pra entender. Ele está criando a filha sozinho. A esposa morreu há pouco tempo. Dá pra entender muito bem cada reação dele.

Nota: ???½

Amanchu!

Episódio 4

Primeiro mergulho da Futaba! Na piscina da escola, mas mergulhar é mergulhar, né? Ela não estava conseguindo respirar direito e por isso água entrava em sua máscara. Isso a deixou assustada, em pânico, mas no final o medo de ficar para trás e não conseguir acompanhar a Hikari acabou sendo maior e ela se esforçou um pouco mais com a ajuda da amiga.

Nota: ???

Battery

Episódio 4

Mudei um pouco minha opinião sobre o treinador. Não me parece que ele seja cruel ou mal intencionado, é só um lamentável caso dele ser assim porque aprendeu a ser assim e pronto. Em sociedades muito rígidas, que valorizam demais a hierarquia e a disciplina, isso é bastante comum. Mais ainda em esportes por naturalmente exigirem disciplina. Isso não me faz desculpá-lo pelas bobagens que ele fez ou continua fazendo, só estou dizendo que o entendo. Quem sai consistentemente pior nesse episódio é o vice-capitão, que a esses traços de imitação sem reflexão do treinador ele adicionou seus próprios medos pessoais e sua inveja. Por enquanto tudo está dando certo para o Takumi apesar de tudo, mas não acredito que vá continuar assim por muito tempo.

Nota: ???

BerserkBerserk - 6_11

Episódio 6

A animação teve seu ponto alto e seu ponto baixo nesse episódio. A Luca batendo na Nina pareceu uma comédia ao invés de uma cena tensa e docemente violenta como deveria ser, e as expressões faciais das duas em geral simplesmente fracassaram em transmitir suas emoções. Por outro lado as cenas de delírio e as metafóricas ficaram muito interessantes com todos esses efeitos e distorções. Tematicamente o episódio apresentou dois lados de uma mesma moeda: a fé inquebrantável em uma entidade superior que tem um plano para todos e a entrega ao mais profundo hedonismo por ter-se perdido de vista qualquer esperança em algo melhor nessa vida ou depois dela. De novo acho que o anime fez um trabalho melhor que o mangá: colocando ambos no mesmo episódio de forma tão clara ficou explícita a intenção em estabelecê-los como equivalentes com sinais trocados e portanto igualmente prejudiciais.

Nota: ???

Days

Episódio 5

O Tsukushi está se saindo como um reserva folclórico. Na época em que eu me importava com futebol (sei lá, uns 15 anos atrás) eles eram comuns, hoje em dia eu não sei. Imagino que sejam tão mais raros quanto mais profissionalizada seja a equipe, mas um ou outro deva existir mesmo nesses casos. Ele está longe de ser o melhor para sua posição, está longe de ser sequer bom, mas tem algo nele que o torna uma espécie de amuleto. Como ele é jovem ainda vai poder melhorar muito e deixar de ser apenas um mascote para se tornar um grande jogador, o que já é sorte maior do que a maioria dos jogadores folclóricos que conheci. Quanto ao motivo dele ter sido escolhido, isso deve ter pesado sim mas não foi o único fator: o técnico e o capitão realmente veem espaço para ele crescer, então ele acabou sendo o escolhido para participar de um torneio menor e ganhar experiência, ao invés de um bom jogador que infelizmente já está no final da carreira. Com o Kasahara talvez a equipe fosse mais forte nesse campeonato, mas o Seiseki tem que pensar no futuro.

Nota: ???

Handa-kun

Episódio 5

Teve bons momentos, mas nenhuma das piadas desse episódio me convenceu muito. Se for para dizer algo que eu gostei, diria que foi o fato de, mesmo com amnésia, o Handa chegar sozinho à mesma conclusão absurda de que todos o odeiam. Bom, não tão absurda dessa vez considerando as circunstâncias, suponho.

Nota: ???

Hatsukoi Monster

Episódio 5

A Kaho está mesmo levando a sério o sentimento dela por uma criança? Eu poderia entender a atração física, quero dizer, ele parece muito mais velho e etc, ela se enganou, vá lá, mas daí a continuar levando a sério e pior, desenvolver sentimentos? Bom, não vou dizer que seja impossível nem que uma história dessas jamais devesse ser contada, é só que quando todo o resto é em clima de comédia esse drama parece forçado demais e não funciona – só constrange.

Nota: ??

Kono Bijutsu-bu ni Mondai ga Aru!Kono Bijutsubu ni wa Mondai ga Aru - 5_3

Episódio 5

Ri forte com a primeira esquete desse episódio e o fluxo contínuo de mal entendidos dela! A segunda foi engraçada, mas nada demais. Fiquei curioso com o destino da piscina, contudo: será que limparam? Será que a escola ganhou uma piscina decorada? E Usami, nem brinca em falar de tudo isso de acetona. O problema não é nem o custo, mas sim que acetona é bastante volátil e para lidar com esse volume seria obrigatório máscaras e roupas adequadas, porque acetona não faz bem, se é que você me entende.

Nota: ???½

Mob Psycho 100

Episódio 4

Que morte horrível. Mob Psycho sabe ser bem engraçado quando foca na comédia, que é o que faz de melhor. Mas esse episódio foi o quê? Escolar com delinquentes? Existem mangás assim bem legais (anime não vi nenhum, mas aposto que tem também), mas eles costumam ser legais porque eu conheço e me importo com os personagens (com algum deles, pelo menos). Em Mob Psycho eu mal consigo me importar com o protagonista, e todos os personagens sem exceção são cascas vazias. Então eu quase dormi de tanto tédio.

Nota: ??

New Game!

Episódio 5

É fácil me lembrar de mais de um episódio de guerra de ar condicionado como a que teve nesse episódio. Legal saber que escritórios do mundo todo sofrem desse mesmo problema.

Nota: ???

OrangeOrange - 5_30

Episódio 5

Um dos episódios mais tensos até agora mas que me ativou vários alertas. O que uma pessoa faria se soubesse o seu próprio futuro enquanto passa por uma fase complexa de sua vida? Provavelmente faria como a Naho. Ficaria muito confusa e daria vários sinais errados. Ela não gosta do Suwa. É grata a ele, sempre foi, mas não gosta dele, e agora ela termina o episódio gritando um agradecimento a ele bem na frente do Kakeru, que claramente está balançando entre o seu próprio sentimento por ela e a amizade pelo Suwa, ao mesmo tempo em que não consegue ter certeza absoluta sobre a Naho porque pra tudo ela diz “vamos todo mundo” – influenciada pelas cartas, aposto. Essa é a parte boa do episódio, ou mais ou menos. Eu realmente espero que Orange não se atreva a tentar explicar a mecânica segundo a qual as cartas estão voltando para o passado. Às vezes nem ficção científica tenta explicar (e às vezes quando explica estraga tudo), imagine um romance, um drama escolar, tentando explicar isso. Eu espero que o anime tenha dado toda essa aula sobre viagem no tempo e universos paralelos só para mexer mais com a Naho e talvez antecipar qual será o final. E sobre isso eu queria falar já na semana passada. A Naho vive falando sobre como a Naho do futuro sofre e isso e aquilo, mas ela sofre mesmo? Ela sem dúvida tem arrependimentos, talvez tenha dúvidas e pense às vezes “e se tivesse sido diferente”, mas ao mesmo tempo ela tem uma família, um filho, e parece de mais a mais estar tendo uma boa vida, feliz, ouso dizer. Conhecendo a vida da Naho do futuro e sabendo o quanto o Suwa do passado é um cara bacana, eu não quero um final diferente. Eu não quero que aquela história mude, eu não quero que a Naho não se case com o Suwa e tenha um filho. Quero sim que ela fique com o Kakeru agora no colégio também, mas como uma experiência, como algo passageiro em sua vida. Claro que isso tudo só se aplica se ela estiver de fato mudando o futuro, o que o anime praticamente já confirmou que não é o caso. Assim, creio que Orange vá pela rota dos universos paralelos tentando agradar a todos, aqueles que querem a Naho com o Kakeru e aqueles que veem o valor da felicidade que ela construiu com o Suwa. Acho essa a escolha mais covarde.

Nota: ???

Re: Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu

Episódio 18

Inacreditável que tenham tido a coragem de fazer propaganda que o episódio seria mais longo em um mísero minuto, quando à rigor sequer esse minuto era necessário já que o episódio foi dividido em apenas duas cenas verborrágicas das quais se poderia facilmente suprimir esse tempo “extra”. Mas mesmo desse episódio dá para se extrair algumas coisas: ou o Pack realmente não sabe nada sobre o Subaru ou ele sabe muita coisa – não existe meio termo; e o Subaru quase certamente foi “curado” ou está já no caminho da recuperação de seus defeitos sociais inerentes a um hikikomori – ou melhor, defeitos que o tornaram um hikikomori em primeiro lugar. Graças ao amor da Rem.

Nota: ?½

Rewrite

Episódio 5

Ligeiramente melhor que o episódio anterior. Mais um episódio dedicado a apresentar o protagonista ganhando a confiança de uma de suas haremetes com passado trágico (sério que todas vão ter um desses?), mas pelo menos teve um vislumbre do enredo geral no final do episódio. E já posso especular que a tal pessoa “chave” seja ou a fantasma que o protagonista vê, ou, sabe-se lá, o próprio protagonista. De todo modo o envolvimento da própria escola empresta alguma verossimilhança ao fato daquela escola em particular ter tantos paranormais (sim, eu sei que nenhuma outra escola aparece, mas se em toda parte houvessem tantos quanto há nessa escola com certeza a paranormalidade seria apenas “normalidade”, não é?).

Nota: ??½

Servamp

Episódio 5

Estava mesmo achando desde o episódio anterior que o Tsubaki tinha uma espécie de história que explica porque ele é tão lunático – e porque só agora decidiu mostrar isso ao mundo. Quero dizer, servamps existem desde sei lá, bastante tempo né? Então por que agora? Por que ele não parece ter motivos e age de forma tão aleatória? Ok, entra em cena a C3. Pena que o episódio ficou com um problema sério de ritmo por ter cortado da nova dupla Eve-Servamp direto pra C3 – e logo depois do servamp do orgulho ter dito que o Tsubaki não é o único com quem eles têm que se preocupar. Como uma nota lateral, quão comum é associar garotinhos ao pecado do orgulho no Japão? Porque Fullmetal Alchemist faz a mesma coisa. Parece coincidência demais.

Nota: ???

Tales of Zestiria the XTales of Zestiria the X - 4_22

Episódio 4

A tempestade que atacou a cidade é a mesma do prólogo, que a Alisha assistiu ao vivo (e foi a única a sair viva)? Eles estão bem ferrados, não estão? Ou o Sorey já é capaz de repelir isso? Ele ainda está passando pelo treinamento. Nesse episódio mais do que qualquer outro deu para perceber que esse anime é adaptado de um JRPG. A Lailah é a tutora dele, pelo menos por enquanto – e já garantiu: vai ter mais serafim sim! Mas não semana que vem. Pela prévia e pelo título, parece que vai ser o esperado episódio com a protagonista de Berseria.

Nota: ???

Fabio retoma a faculdade hoje depois de um semestre de férias forçadas!
Ele tem seu próprio blog e você pode encontrá-lo no facebook também.