Homem é preso por ameaçar assassinar o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida

Depois do assassinato de Shinzo Abe, o ex-primeiro-ministro do Japão, as medidas de segurança à volta dos políticos japoneses estão em alerta máximo e a polícia da cidade de Saitama prendeu um desempregado de 51 anos depois de ele ligar para o 110 e ameaçar assassinar o atual primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida.

De acordo com a polícia, Satoshi Yamagishi ligou para o 110 pouco depois das 19h30 no dia 10 de agosto e supostamente ameaçou matar Kishida. A polícia rastreou a ligação para o telefone fixo de Yamagishi na sua casa. A polícia disse que Yamagishi negou a alegação e afirmou “não sei nada” sobre o incidente.

A polícia revelou que nenhuma arma foi encontrada na casa de Yamagishi, nem conseguiram descobrir se ele pertence a alguma organização política ou religiosa.

Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
CharlesD
Charles
16 , Agosto , 2022 4:21

Provavelmente só um coitado querendo atenção depois do ocorrido com o ex-primeiro-ministro. Afinal ele ligou da própria casa pra polícia…