Japonês tenta suicídio à frente de Idol

Japonês tenta suicídio à frente de Idol

As Idols são extremamente populares nos países asiáticos, algo que é ainda mais ampliado com os eventos de meet-and-greet onde dão a possibilidade aos fãs de falarem com elas e até de as cumprimentarem. Mas a proximidade com os seus fãs muitas vezes pode levar a um perigosa obsessão e possessividade, e se acompanham o OtakuPT certamente já se deparam com notícias sobre o envio de presentes menos próprios e até ataques a idols.

Um homem japonês de 48 anos era tão devoto de uma idol de Taiwan, Dora, que tentou cometer suicídio quando ela anunciou que se ia retirar do mundo do espetáculo e das idols.

Depois de ela anunciar no seu facebook que iria deixar de fazer upload de conteúdos para a internet e de fazer livestreams, o japonês viajou para Taiwan para ver a sua última atuação em Taipei. Mas depois de a ver por uma última vez e de até falar com ela pessoalmente, ele foi atingido por uma sensação de desespero por saber que não a iria conseguir ver novamente e optou então por cometer suicídio à sua frente.

Empunhando uma faca de frutas, o homem ajoelhou-se no chão e tentou estripar-se no tradicional ritual samurai de “seppuku”. Os espectadores próximos rapidamente o tentaram impedir e Dora chamou a polícia, que retirou a faca de sua posse e o questionou.

Ele não sabia falar mandarim, mas explicou os seus sentimentos em inglês, confessando pensamentos suicidas e depressão por causa da Dora. Felizmente, os seus ferimentos foram superficiais e o homem sobreviveu, apesar de ter sido levado para um hospital próximo para tratamento.

Dora, também conhecida por Zhou Yingxin, é uma pequena idol da internet com 134 mil seguidores. Ela escreveu no seu facebook “A vida é preciosa. Por favor não façam nada que façam os vossos amigos e família preocupar-se”.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.