Banda ALI suspende as suas atividades por tempo indeterminado

Baterista da banda ALI foi preso por fraude fiscal

Após a prisão do baterista Kahadio (Kadio Shirai), o site oficial da banda ALI (sigla para Alien Liberty International) vem agora anunciar que a banda para além de expulsar o baterista suspendeu as suas atividades por tempo indeterminado.

No comunicado podemos ler:

Muito obrigado por todo o apoio à banda ALI. Em resposta à denúncia contra o ex-integrante Kahadio (baterista), lamentamos informar que as atividades da banda serão suspensas por tempo indeterminado. Gostaríamos de expressar as nossas sinceras desculpas aos nossos fãs que sempre nos apoiaram, e a todos aqueles que estiveram envolvidos neste assunto.

Sobre Kadio Shirai. Gostaríamos de expressar as nossas sinceras desculpas a todos os nossos fãs e todas as partes relacionadas pelos transtornos causados ​​pela prisão de Kahadio (nome verdadeiro, Kadio Shirai), o baterista dos ALI e um artista afiliado à nossa empresa. Aceitamos solenemente a acusação de hoje, 14 de maio de 2021, então decidimos liquidar o contrato com Kadio Shirai, pelo que ele não faz mais parte da banda. Continuaremos a responder sinceramente a todas as partes envolvidas nesta questão no futuro.

Kahadio nasceu na América e é de descendência holandesa e espanhola. Nos ALI encontramos o guitarrista CÉSAR (César Aiichiro) que é de descendência brasileira.

Baterista da banda ALI foi preso novamente por defraudar mulher de 70 anos

A 8 de abril, Kahadio foi preso por cometer fraude de comunicação, uma variante de um esquema telefónico comum no Japão. Isso fez com que a Sony Music solicitasse ao comité de produção da adaptação para anime do RPG The World Ends with You (Subarashiki Kono Sekai) que substituísse o tema de abertura interpretado pelos ALI.

Os ALI já emprestaram singles aos animes BEASTARS, Jujutsu Kaisen e Noblesse. A banda estreou-se em 2019 com o single “Wild Side” que foi utilizado na abertura da primeira temporada de BEASTARS.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.