Epic Games continua a perder milhões e parece não se importar

A empresa é incapaz de produzir lucro

De acordo com alguns documentos submetidos ao tribunal na disputa da Apple contra a Epic Games, obtivemos algumas informações bem interessantes sobre esta e o seu cliente PC Epic Games Store. De acordo com o manuscrito, o lar de Fortnite perdeu cerca de 181 milhões de dólares em 2019 e 273 milhões de dólares em 2020.

Trocando por outras palavras, a PC Epic Games Store não gerou receitas nestes últimos dois anos. Contudo, acredita que a sua loja finalmente comece a produzir lucros em 2023, apesar de continuar a munir-se de exclusivos temporários e oferecer jogos gratuitos para os seus clientes semana após semana. Neste momento conta como mais de 160 milhões de utilizadores registados, porém apenas uma pequena fatia é assídua deste serviço, ou seja, apenas 56 milhões são utilizadores frequentes da plataforma.

Contudo, por muito estranho que nos pareça, a Epic parece não se importar com estes resultados, isto porque indica que o valor de distribuição de 12% -Na PC Steam são 30%- cobrado pela PC Epic Games Store é suficiente para cobrir os custos de operação e manutenção da plataforma.

Será interessante assistir às suas estratégias comerciais em 2023, e quais serão os inevitáveis exclusivos que irá assinar para a sua loja digital. Isto porque mesmo com os atuais resultados, Tim Sweeney não tem intenções de modificar o seu modelo de negócio.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.