Ryo Sakazaki e Robert Garcia juntam-se a King para formar a Team Art of Fighting em The King of Fighters XV

O tigre e o Dragão regressam aos ringues da competição

A SNK Corporation lançou o seu habitual trailer semanal onde revela qual será a próxima personagem a ingressar no elenco de The King of Fighters XV. Desta vez e contrariamente à semana passada, a empresa voltou a surpreender, não apresentando apenas uma, mas sim duas personagens jogáveis.

Ryo Sakazaki, o invencível Dragão, e Robert Garcia, o tigre furioso, são as próximas personagens a participar no torneio. A dupla que domina a arte do combate, é uma habitual concorrente no torneio. Ao passo que Ryo, usa a sua incrível força e um estilo mais tradicional do Kyokugenryu Karate, Robert, o seu eterno rival e amigo, complementa a sua massa muscular e força, apostando numa variante do Kyokugenryu Karate intitulada Gen’ei Kyaku, onde a velocidade e uma chuva de pontapés são os elementos principais. Embora nunca tenham ganho uma competição nas anteriores edições, estamos na presença de uma dupla temível, que se inscreve no mesmo apenas para testar a sua força contra os seus adversários. Mais uma vez King, junta-se à dupla, deixando a pobre Yuri Sakazaki, fora da “Team Art of Fighting”. É bem provável que a irmã de Ryo una esforços com Mai Shiranui, e forme a equipa dos amores não correspondidos, quem sabe se a última adição não seja com Sie Kensou.

Ryo Sakazaki, e Robert Garcia, são personagens oriundas do jogo Art of Fighting. Enquanto Ryo é o filho de Takuma Sakazaki, e herdeiro do estilo de luta Kyokugenryu Karate, Robert Garcia é o filho de Alberto Garcia, um milionário italiano, que desenvolveu uma grande amizade com Takuma Sakazaki. Embora Ryo, seja um grande praticante de artes marciais, inicialmente não mostrou grande aptidão para a arte de combate por ser demasiado tímido e benevolente, ao contrário de Robert, que por ter uma vida demasiado fácil, frequentemente fugia de casa para assistir aos treinos de Ryo e Takuma, e ficar deslumbrado com os mesmos. Certo dia o jovem Robert, pede encarecidamente a Takuma que o treine, e admirado com o olhar ardente do rapaz, decide aceitar. Rapidamente as duas crianças, tornaram-se grandes amigos e os melhores rivais. Contudo, após o trágico acidente de viação de Ronnet Sakazaki, a mãe de Ryo, faz com que Takuma abandone o dojo para cuidar de Yuri, a irmã de Ryo, a qual Robert gradualmente desenvolveu sentimentos. Com Takuma, fora do dojo, Robert não teve escolha senão voltar para Itália, e dedicar-se aos seus estudos para um dia herdar a Garcia Foundation.

Contudo, certo dia, Robert recebe uma perturbante chamada de Ryo, a indicar que Yuri foi raptada, e Takuma encontra-se desaparecido. Robert não hesita e viaja até Southtown para juntar-se a Ryo para descobrir o paradeiro dos dois. Após descobrir não só o paradeiro da jovem, como os motivos que levaram Takuma a vestir a pele de Mr. Karate, Ryo descobre que a verdadeira força deve ser sentida através da mente e do coração, e Robert descobre que a força deve ser usada para proteger aqueles que amamos. A dupla finalmente preenchendo as lacunas que impediam de progredir tornou-se numa das mais temíveis não só em Southtown como em competições mundiais. Ao passo que a série Art of Fighting, descreve a luta com contornos mais dramáticos e sérios, em The King of Fighters, é mostrada numa forma mais cómica porque Robert embora possua uma enormíssima fortuna não a usa, e Ryo e o seu pai muitas vezes se inscreveram no torneio para adquirir o dinheiro da competição de forma a impedir que o seu dojo feche portas.

Em termos de personalidade Robert e Ryo também apresentam bastantes diferenças. Ao passo que Ryo leva qualquer assunto demasiado a sério, Robert é mais espontâneo nas suas decisões. Devido a este último registo, Robert, à vista desarmada é visto com um ser arrogante, e perfecionista. Nada mais longe da verdade, isto porque o jovem italiano, mesmo sendo detentor de uma fortuna incalculável, apenas faz uso desta para ajudar as pessoas que precisam e não têm meios para tal, como foi o caso do irmão de King. Respeitante a costumes Ryo, é demasiado antiquado e não se considera muito inteligente, enquanto Robert é mais sofisticado e inteligente. É possível que Robert -se pudesse- já se teria casado com Yuri, e tornado membro da família. Apenas não o fez porque Ryo, e Takuma são demasiado protetores e afirmam que Yuri ainda é demasiado jovem para se casar. King, também é uma candidata a juntar-se à família Sakazaki, já que nutre sentimentos por Ryo, e em várias instâncias do torneio além de interações, alguns finais implicitamente já revelaram essa condição.

The King of Fighters XV será lançado ainda este ano para plataformas ainda não anunciadas.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.