Tokyo Ghoul:re Call to Exist adiado para 2019

Se a Marvelous gastasse mais energias a produzir o jogo do que a tentar censurar as críticas a Tokyo Ghoul:re talvez não tivesse a necessidade de o adiar.

O site oficial de Tokyo Ghoul:re Call to Exist, um jogo baseado no mangá de , que está a ser produzido pela Marvelous, revelou que o seu lançamento já não vai acontecer este ano e que foi adiado para 2019 sem, no entanto, especificar uma data.

A afirma que tal adiamento servirá para introduzir melhorias à qualidade do jogo.

Se a Marvelous gastasse mais energias a produzir o jogo do que a tentar censurar as críticas a talvez não tivesse a necessidade de o adiar.

Em Tokyo Ghoul:re Call to Exist os jogadores poderão lutar como Ghouls e Investigadores com as suas respectivas armas Kagune e Quinque. O jogo terá ação single-player, batalhas online e cooperativas on-line, e a história será contada a partir da perspectiva de três personagens.

 lançou o manga de  em 2011 tendo terminado a publicação em 2014 com 14 volumes para depois começar nesse mesmo ano a lançar  que acabou de terminar. Atualmente em Portugal o mangá de está a ser publicado pela .

A história de  desenrola-se à volta de Ken Kaneki que mal sobrevive a um encontro mortal com Rize Kamishiro, uma mulher que se revela ser um Ghoul, uma criatura semelhante a um humano que caça e devora carne humana e que depois de um acidente misterioso é levado para o hospital em estado critico. Depois de recuperar, Kaneki descobre que de alguma forma foi submetido a uma cirurgia que o transformou em Meio-Ghoul, e assim como eles ele deverá consumir carne humana para poder sobreviver e viver com saúde.

Com ninguém para recorrer, ele é acolhido pelo gerente de uma cafeteria chamada “Anteiku”, onde lhe ensinam a viver como meio-humano e meio-ghoul e a interagir com a sociedade Ghoul e suas fações, aos mesmo tempo que ele se esforça para manter a sua identidade secreta dos outros seres humanos.