Autor de Act-Age condenado a um ano e seis meses de prisão

Matsuki não cumprirá os 18 meses de prisão se continuar com bom comportamento por 3 anos

Autor de Act-Age condenado a um ano e seis meses de prisão

O Tribunal Distrital de Tóquio finalmente pronunciou-se e condenou o mangaká Tatsuya Matsuki, o escritor do mangá Act-Age, por cometer um ato indecente coagido uma estudante do ensino médio.

Matsuki foi condenado a um ano e seis meses de prisão, mas a pena foi suspensa por três anos (se Matsuki permanecer com bom comportamento por três anos, ele não cumprirá pena na prisão).

Matsuki foi assim condenado pelo segundo de dois atos indecentes forçados que ele cometeu a 18 de junho. O gabinete do promotor não indiciou Matsuki pelo primeiro incidente, que terá ocorrido a 18 de junho por volta das 20h00 (uma hora antes do segundo incidente).

Matsuki admitiu a acusação em novembro. A acusação pediu uma pena de prisão de 18 meses sem suspensão, enquanto a defesa pediu uma pena suspensa, argumentando que o réu havia recebido punições na sociedade, como o cancelamento do seu mangá.

Matsuki justificou-se no tribunal afirmando que

… tinha múltiplas preocupações e ansiedades, mas eu não podia falar sobre elas e fiquei desesperado. Eu também tinha um complexo com mulheres então eu descarregava em estranhos.

Ele também acrescentou que “não se pode desculpar o suficiente às vítimas pelo que [ele] fez”. Matsuki inicialmente confessou em agosto, quando foram mostradas evidências em vídeo do crime, afirmando que “não havia dúvida” de que ele estava no vídeo.

O incidente ocorreu no dia 18 de junho, por volta das 20h. Matsuki de bicicleta aproximou-se por trás tocou e assediou uma menina do ensino médio. Aproximadamente 1 hora depois, ele assediou outra menina da mesma forma.

Em agosto deste ano devido ao crime do seu escritor a Weekly Shonen Jump decidiu dar por terminado o mangá de Act-Age sendo que a revista prometeu na altura apoiar Shiro Usazaki, a jovem e talentosa ilustradora do mangá que acabou por ficar sem trabalho.

Artista de Act-Age vai desenhar one-shot na Shonen Jump

E tal veio mesmo a acontecer com a revista a publicar o fim-de-semana passado um mangá one-shot com história por Osamu Ishikawa e ilustrações por Usazaki. O one-shot de 47 páginas chama-se “Engan no Cyclops” (Fire-Eyed Cyclops).

 

Capa do volume 1 de Act-Age
Capa do volume 1 de Act-Age

Act-Age era um manga que começou a ser publicado em janeiro de 2018 fazendo parte da iniciativa JUMP START que tem como objetivo criar as próximas grandes obras da Jump. A obra era publicada com historia de Tatsuya Matsuki e arte da ilustradora Shiro Usazaki.

A história acompanha Kei Yonagi que vem de uma família pobre cujo pai a abandonou juntamente com os seus dois irmãos mais novos, deixando-a encarregue de cuidar da família depois da morte da sua mãe. Quando apareceu a oportunidade de perseguir o seu sonho de se tornar atriz, Yonagi aproveita a chance. Chamando a atenção do diretor Sumiji Kuroyama, a oportunidade de Yonagi brilhar tinha chegado. No entanto, o talento de Yonagi para atuar vem da sua habilidade extrema e inata para o Método de Atuação, que várias pessoas notam como potencialmente auto-destrutivo.

Vídeo da prisão do autor de Act-Age por abuso de menores

Hiroyuki Nakano, o editor-chefe da Weekly Shonen Jump, numa entrevista destacou Chainsaw Man e Act-Age como títulos sobre os quais ele tinha grandes expectativas.

Subscreve
Notify of
guest

16 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas
Lucas
24 , Dezembro , 2020 3:52

Eu pensei que ele pegaria uma pena até maior! Tendo em mente que as leis são mais severas.

Dan
Dan
Reply to  Lucas
24 , Dezembro , 2020 3:52

Vai acabar pagando nada, o cara pegou condicional.

Sonzai Efu
Sonzai Efu
24 , Dezembro , 2020 3:52

Esperando alguém comentar botando a culpa nas lolis sendo que esse tipo de crime ocorre até aqui no Brasil

CF
CF
24 , Dezembro , 2020 3:52

Desgraçado.

madmonkey mcknight
24 , Dezembro , 2020 3:52

Acho que é justo. Indiretamente acabou por sofrer ao perder o seu emprego, e como é a sociedade japonesa ele vai ter muitas dificuldades em encontrar emprego daqui em diante, por isso acho que é uma pena suficiente.

Horizon hc
Horizon hc
Reply to  madmonkey mcknight
24 , Dezembro , 2020 3:53

Vai nada, talvez volte até a publicar na Jump

madmonkey mcknight
Reply to  Horizon hc
28 , Dezembro , 2020 2:35

Talvez, mas se acontecer vai ser daqui a muitos anos porque neste momentos e diria nos próximos 10 anos o seu nome vai ficar manchado

Horizon hc
Horizon hc
Reply to  madmonkey mcknight
30 , Dezembro , 2020 2:53

Não mesmo, se ele fizer uma história e o editorial gostar, ele volta e rápido. No do Mitsutoshi Shimabukuro, foram 3 acusações, aliciamento de menor, pagamento por sexo(com menor) e ato sexual com menor. E isso foi em 2002, teve o mangá cancelado e foi preso, em 2008 ele voltou e publicou Toriko na mesma Jump.

Heart Under Blade
Heart Under Blade
Reply to  madmonkey mcknight
28 , Dezembro , 2020 2:37

Pelo talento que ele mostrou que tem em act-age alguma revista vai contratar ele, só que deve mudar o nome como outros mangakás já fizeram e ninguém vai saber que é ele.

Horizon hc
Horizon hc
Reply to  Heart Under Blade
30 , Dezembro , 2020 2:54

Pega nada, já já volta a publicar, teve caso bem bem bem mais grave que esse e em 5 pra 6 anos o cara voltou a publicar na mesma revista da mesma editora

Dan
Dan
24 , Dezembro , 2020 3:52

Se ele se comportar nesses 3 anos de prisão condicional(o que foi melhor coisa que podia acontecer pra ele) vai ta sussa, vai ta podendo até voltar a fazer roteiro pra mangá.

Horizon hc
Horizon hc
Reply to  Dan
24 , Dezembro , 2020 3:53

Exato

Admmi
Admmi
Reply to  Dan
28 , Dezembro , 2020 2:35

Duvido um pouco q consiga voltar visto q isso vai trazer má publicidade, mas quem sabe, o de samurai X voltou…

Horizon hc
Horizon hc
Reply to  Admmi
28 , Dezembro , 2020 2:37

Volta sim, tem caso muito pior do o que do Nobuhiro, e o cara ainda voltou a publicar pela mesma revista

Horizon hc
Horizon hc
24 , Dezembro , 2020 3:53

Eu disse, do ponto de vista jurídico, tem a questão de reu primário, endereço fixo, tinha trabalho, gravidade do crime(acredite tem um precedente de um crime sexual bem mais grave q esse). Não vai cumprir nada na prisão, e se vacilar ainda volta a publicar nas editoras, e quem sabe até na própria Jump, vide Mitsutoshi Shimabukuro.

Ψυκιησ 『Deus Da Censura』
Ψυκιησ 『Deus Da Censura』
28 , Dezembro , 2020 2:35

Kkkkk tô rindo muito com isso.