Autor de Act-Age é preso sob acusação de abuso contra duas adolescentes

Segundo informações da estatal japonesa NHK, o autor do manga Act-Age, Tatsuya Matsuki, foi preso neste sábado (oito de agosto) pela Polícia Metropolitana de Tóquio sob a acusação de ter realizado atos obscenos contra duas adolescentes do ensino fundamental.

Foi revelado que o ocorrido aconteceu no dia 18 de junho na região de Nakano, em Tóquio, e que Matsuki supostamente assediou sexualmente a primeira vitima em sua bicicleta. As autoridade locais foram informadas do incidente e iniciaram uma investigação utilizando as câmeras da área. Após uma hora da primeira ocorrência, ocorreu um segundo incidente envolvendo um homem parecido com o autor que supostamente agrediu uma menina em idade escolar.

A investigação envolvendo os dois incidentes ainda esta em andamento, mas em interrogatório Tatsuya Matsuki afirmou que “não há dúvidas” que o homem nas filmagens é ele.

Em comunicado divulgado em suas redes sociais, a revista Shonen Jump afirmou que que o Departamento Editorial da revista irá tomar as “medidas cabíveis” sobre o ocorrido após “confirmas os fatos”. No comunicado a revista também pede desculpas a “todos os leitores e outras pessoas” pelo  ocorrido.

Act-Age é um manga que começou a ser publicado em janeiro de 2018 fazendo parte da iniciativa JUMP START que tem como objetivo criar as próximas grandes obras da Jump. A obra é publicado com historia de Tatsuya Matsuki e arte de Shiro Usazaki.

A história acompanha Kei Yonagi que vem de uma família pobre cujo pai a abandonou juntamente com os seus dois irmãos mais novos, deixando-a encarregue de cuidar da família depois da morte da sua mãe. Quando apareceu a oportunidade de perseguir o seu sonho de se tornar atriz, Yonagi aproveita a chance. Chamando a atenção do diretor Sumiji Kuroyama, a oportunidade de Yonagi brilhar tinha chegado. No entanto, o talento de Yonagi para atuar vem da sua habilidade extrema e inata para o Método de Atuação, que várias pessoas notam como potencialmente auto-destrutivo.

Hiroyuki Nakano, o editor-chefe da Weekly Shonen Jump, recentemente numa entrevista destacou Chainsaw Man e Act-Age como títulos sobre os quais ele tem grandes expectativas.