Depressão do criador de Black Lagoon continua a afetar lançamentos da obra

Depois de questionado por um fã o mangaká , o autor de Black Lagoon, afirmou ontem que o ritmo de lançamentos do mangá é tudo menos consistente devido à sua depressão.

Desde 2010 que o mangá Black Lagoon tem uma publicação esporádica, com apenas dois volumes na última década e Hiroe afirmou:

É que minha depressão não foi embora, então não posso trabalhar tanto quanto gostaria.

O tweet entretanto foi apagado e os fãs começaram a enviar mensagens de apoio ao mangaká.

Black Lagoon começou a ser publicado na Monthly Sunday GX da Shogakukan em abril de 2002. O estilo bem distinto de  é bem notório em Black Lagoon que recebeu em 2006 duas adaptações para série anime pelos estúdios  () bem como o OVA em 2010.

Sinopse de Black Lagoon

A história segue uma equipea de mercenários conhecida como “Lagoon Company”, que contrabandeia mercadorias dentro e ao redor dos mares do Sudeste Asiático. A sua base de operações está na cidade fictícia de Roanapur, na Tailândia, e eles transportam mercadorias no navio Black Lagoon. A Lagoon Company faz negócios com vários clientes, mas tem uma relação particularmente amigável com o sindicato do crime russo, “Hotel Moscow”. A equipa assume uma variedade de missões, que podem envolver tiroteios violentos, combate corpo a corpo e batalhas náuticas, em vários locais no sudeste da Ásia.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.