Meu Anime #6

Meu-Anime-n-6Uma semana estrelada! Animes tendem a guardar o melhor para o final, e nessa semana há nada menos do que dez encerramentos. Seriam mais se alguns animes não saíssem de domingo. Aliás, esse é um bom momento para reavaliar e mudar isso.

A maioria dos animes é transmitida entre sexta-feira e domingo, e essa coluna é publicada às quartas-feiras mas eu considero o encerramento da semana no sábado, então fica sempre meio confuso por causa dos vários animes que saem de domingo: eles já passaram, todo mundo (eu incluso) já assistiu, mas não constam nesse artigo. É um pouco de falta de sincronia, né?

Segundas-feiras não costumam ter muitos animes, então passarei a considerar a semana de segunda à domingo, e não mais de domingo a sábado. A mudança começa semana que vem. Na prática isso significa que na coluna dessa semana estão os animes que passaram de 20 de março (domingo) à 26 de março (sábado), mas na semana que vem comentarei sobre todos os animes de 27 de março (domingo) até 3 de abril (o próximo domingo). Depois disso as semanas serão de segunda à domingo normalmente.

Sobre a semana que vem, ela já conterá os animes da próxima temporada que estrearem nos primeiros dias de abril! Você já sabe o que vai assistir? Eu vou assistir coisa pra caramba, espere e verá! Por enquanto, veja os animes que assisti nessa semana, nessa temporada.

Active Raid

Episódio 12 (final)

O vilão era só um pobre menino que sofreu por causa de pais abusivos e loucos que criaram uma seita que levou crianças a um suicídio coletivo, coitadinho dele gente! Aliás, ele era criança? Sempre me pareceu adulto pelo porte, altura, traço, rosto, tudo. Tudo bem que esse anime é ruim para retratar adolescentes, veja a irmã da chefe da Unidade 8 que parece irmã gêmea dela com olhos de outra cor. Ela e o presidente do conselho estudantil só pareciam adolescentes porque viviam vestindo uniforme escolar (o moleque preso continuava de uniforme, aliás). E para fechar com chave de bosta, o desastre que transformou bairros inteiros de Tóquio em um pântano não foi explicado e não tinha nada a ver com a história. A nota só não sai pior porque estou dando um pontinho de bônus porque até a metade do anime ele pelo menos servia para passar o tempo.

Nota: ?

Ajin

Episódio 10

Mais chato a cada episódio que passa. Três linhas de enredo para acompanhar e uma mais chata que a outra. O protagonista chato tem que lidar com idosos desconfiados – e compra eles com saquê. O vilão passa mais um episódio planejando misteriosamente seu plano misterioso em um galpão entre um furgão e uma mesa com equipamentos variados. O núcleo do Tosaki foi a maior decepção, porque no episódio anterior achei que dali pudesse sair algo, mas que nada, o cientista sequestrado aguentou tortura por dias só porque queria seu cigarro preferido mesmo, não tinha nenhum segredo. E o que ele contou depois de tudo não era nenhuma novidade para mim.

Nota: ??

Ao-no-Kanata---11.mkv_001013Ao no Kanata no Four Rhythm

Episódio 11

Mais um episódio sem nenhum apelo emocional, com um punhado de partidas de um esporte que não faz sentido nenhum – e esse episódio em particular o fez parecer menos lógico ainda. Mas sempre reclamo disso, não vou me repetir. Reclamarei de algo novo então: as “vilãs” da série não empolgam também, nem parecem verossímeis. Consegue imaginar um jogador profissional de qualquer esporte cuja principal forma de auto-afirmação não é comemorar suas vitórias, mas ansiar pela humilhação dos adversários? Consegue imaginar sei lá, Messi ou Cristiano Ronaldo fazendo aquela cara maligna enquanto pensam “vou fazer gol e driblar muito e aí eles vão ver só quem é bom de verdade”? Eu sei que a diferença pode parecer sutil, nem sei se estou conseguindo descrever direito, mas eu não consigo imaginar aquele tipo de comportamento vindo de um esportista profissional. Bom, talvez dos que realmente encarnam o estereótipo de vilão, e existem uns e outros que fazem isso, poucos mas existem, só que vilões costumam ser carismáticos, o que compensa o comportamento reprovável dentro das quadras, campos, ringues, etc. E carismáticas a Irina e a Saki definitivamente não são.

Nota: ??

Assassination Classroom 2

Episódio 12

Ok, eu me enganei, o diretor é um filho da mãe mesmo. O caso é que ele nunca esteve preocupado em matar o professor, então não tinha porque se meter com a turma E enquanto não fosse um evento de nível escolar. Ele é um fanático pelo ideal de educação dele – ou melhor, um fanático pela ideia discriminatória que separa toda a sociedade em “fortes” e “fracos”. Me pergunto como ele adquiriu essa ideologia. De seu próprio pai não creio que seja, porque seu filho pensa diferente. Bem pouco, mas diferente: ele acredita que a sociedade é sim dividida, mas emular essa divisão no ambiente escolar não melhora a educação. O professor Koro acaba de provar exatamente o contrário afinal. Será que o anime vai tratar disso ainda, ou ele vai terminar como apenas mais um vilão?

Nota: ???

Boku Dake ga Inai Machi

Episódio 12 (final)

Final brilhante! Em algum momento dos episódios anteriores (depois daquele no qual o Satoru contou sua história sobre o deus da morte que cometeu um engano e etc) fiquei aqui pensando se o anime não teria um final trágico, se o protagonista não precisaria morrer ou se sacrificar para acabar com esse ciclo de mortes e sofrimento. E bom, o final não foi trágico, mas ele de fato se sacrificou: ficou quinze anos em coma. O plano para capturar o professor foi inteligente também, e foi legal poder rever todo mundo. Principalmente a Airi. Se for para reclamar de algo, eu diria que não consegui no final das contas entender direito a personalidade do professor, mas isso é algo que deveria ter sido melhor desenvolvido antes (e seria fácil fazer isso se o anime não tivesse perdido tempo fingindo que enganava alguém escondendo que o professor era o assassino), mas esse episódio foi excelente e pelo belo conjunto da obra merece fechar com cinco estrelas.

Nota: ?????

Bubuki-Buranki---12.mkv_002255Bubuki Buranki

Episódio 12 (final)

Quem diria que um anime quase-infantil, que no começo eu achei que fosse ser tão despretensioso, poderia ser tão divertido, com uma história complexa? E um nome estúpido, ok, o nome soava estúpido antes de começar e continua soando estúpido agora que acabou essa temporada (porque vai ter outra!). Todo o passado da Reoko e da Migiwa é revelado e tudo faz muito mais sentido – e casa bem com o que vinha parecendo ser desde vários episódios atrás; a Reoko está mesmo enlouquecida mas ela e seus companheiros estão tentando fazer o que é certo, sendo que os companheiros dela de fato “treinaram” as crianças da equipe do Azuma para assumir a posição que eles sabiam que a Reoko não poderia manter para sempre, mesmo sendo imortal. Como toque final de “eu sabia” que o anime revelou, a Kaoruko está mesmo aliada ao misterioso e certamente vilânico Guy. Reoko está capturada, seus companheiros todos parecem ter morrido, Migiwa parece ter morrido, a Ilha do Tesouro afundou no oceano, provavelmente junto com o Oubu, e os heróis estão perdidos em uma ilha qualquer. Posso ficar um pouquinho ansioso pela segunda temporada de Bubuki Buranki?

Nota: ?????

Dagashi Kashi

Episódio 11

Episódio chato. Episódio chato e sonolento. Eu não quero saber a história dos doces japoneses, nem se for uma história inventada, como no caso do Ramune. Não tem graça nenhuma. Nenhuma piada que prestasse. As piadas que não foram de doce que o episódio tentou foram piadinhas pervertidas constrangedoras.

Nota: ?

Dimension W

Episódio 12 (final)

Um final divertido, mas confuso como a série inteira foi. Satisfatório também, com o Dr. Yurizaki reaparecendo na dimensão W como eu havia imaginado, a Mira não sendo a noiva do Kyouma, entre outras coisas menores. Ainda assim muito confuso e as cenas abertas que não são de ação não são lá muito caprichadas. Mas merece uma pontuação alta pelo que apresentou nesse episódio e no conjunto da série.

Nota: ????

Durarara!!x2 Ketsu

Episódio 12 (final)

Essa temporada foi boa embora confusa, e se quanto mais o Mikado assumia o protagonismo mais chato estava ficando, nesse episódio a Celty voltou em toda a sua glória (literalmente, em sua forma céltica e tudo mais) e, voando no ar (graças ao Shizuo) o Shinra conseguiu resgatá-la, convencida que estava de que tudo o que aconteceu era culpa sua e que o melhor a fazer seria voltar para a Irlanda. Em um último ato desesperado, Shinra, que já havia escapado ao domínio da Saika, demonstrou ter adquirido controle sobre ela, e cortou de novo a cabeça da Celty! Todo mundo encontrou seu lugar, o Mikado tomou umas facadas bem merecidas (até o Izaya já tinha apanhado pra caramba desde a temporada passada, quem o Mikado pensa que é pra querer sair ileso? ok, ele quis se matar, não sair ileso, mas a Celty o salvou, então não conta – fora que suicídio teria sido barato demais pra ele, só seus amigos iriam sofrer), e depois da surra que levou não fiquei triste nem com o Izaya ter sobrevivido.

Nota: ?????

Gate-2---12.mkv_001830Gate 2

Episódio 12 (final)

A ação do episódio foi boa e eu realmente fiquei feliz com o resgate da princesa (e do imperador). E fiquei feliz também em perceber que ela tem nome de batida. Piña Colada, sério? E sério que eu sou tão desligado assim e só percebi agora, no último episódio de duas temporadas? Sério. Pontos super negativos para a apologia imperialista à “boa guerra”, à “guerra do bem” que só o Japão pode trazer para nós, mas que mata que é uma beleza como qualquer outra guerra. Bom, a série inteira é sobre isso, não é? É divertido ver soldados com bombas e metralhadoras massacrarem tropas com equipamento medieval, mas é uma diversão envergonhada, que nem pornografia. E o que foi aquele final de novela com vários casaizinhos se formando? Uma amazona está grávida?? A outra eu nem sabia que tinha nada a ver com ninguém! O diplomata vai mesmo casar com a criança, ugh. E porque os dois tentaram se matar, lógico que a coelhinha ficou junto com aquele outro sujeito lá. Repare ainda que é só homem japonês com mulher do outro mundo: isso também é propaganda imperialista. “Ah, mas no exército tem mais homens, normal!” É mesmo? Só na unidade do Itami, o protagonista, haviam duas mulheres. Mas elas logicamente não estão disponíveis, né, porque são parte do harém dele – que ainda contém uma maga, uma deusa da morte, elfas de duas cores diferentes, e uma princesa regente, todas “coletadas” no outro mundo. Diversão envergonhada.

Nota: ???

Grimgar of Fantasy and Ash

Episódio 11

A Mary finalmente pôde fazer às pazes com seu passado. Se já tá todo mundo lascado fugindo dos kobolds na mina mesmo, por que não aproveitar a chance para libertar os cadáveres dos seus companheiros da maldição de mortos-vivos? Brincadeiras à parte, não é como se ela tivesse escolhido isso, embora acredito que ela entrou naquela mina preparada para reencontrá-los e no fundo era mesmo o que desejava. No final eles são descobertos pelo kobold chefe e enquanto fogem por suas vidas o grupo funciona bem como nunca antes havia funcionado, e sem que o Haruhiro precise ficar dando ordens e preparando planos para tudo: cada um simplesmente faz o melhor que pode, o melhor que sabe, sempre confiando em seus demais companheiros. A função do Haruhiro como líder é apenas estar atento a todos o tempo todo para transmitir informações e, quando necessário, coordená-los. Destaque positivo para a participação do Ranta.

Nota: ????

Gundam: Iron-blooded Orphans

Episódio 24

Gundam Orphans dá um curto salto à frente e não só a Tekkadan já chegou em Edmonton como está há três dias combatendo a Gjallarhorn para entrar na cidade. Em meio ao desespero causado pelo tempo que está se esgotando, Orga toma a dura decisão de adotar um plano ousado sujeito à diversas baixas para conseguir esgueirar-se com Makanai para dentro da cidade. Eles ainda são crianças, mas sua determinação é maior do que a de qualquer adulto. Orga sente o peso da responsabilidade e, como Kudelia, sabe que está com as mãos sujas com o sangue de todos aqueles que morreram para que eles conseguissem chegar tão longe. Recuar não é opção.

Nota: ???

Haruchika---Haruta-to-Chika-wa-Seishun-Suru---12.mkv_002224Haruchika

Episódio 12 (final)

Um episódio com uma música! E inteira, finalmente! Não consegui descobrir qual era, mas não importa. Acho que realmente não importa. Haruchika deixou várias pontas abertas e isso foi proposital: não é um anime que pretenda dar respostas. Eles ainda são jovens, velhos demais para ser crianças mas novos demais para ser adultos, e estão descobrindo por conta própria as respostas para os mistérios da vida. De certa forma foi sobre isso que se tratou a série toda, e os mistérios resolvidos ao longo dos episódios serviram apenas para mostrar a natureza dos personagens conforme eles vivem um dia de cada vez.

Nota: ????

Koukaku no Pandora

Episódio 12 (final)

No final deu tudo certo, não deu? Dificilmente histórias têm finais tristes, e não seria o colorido e animado Koukaku no Pandora a tragédia da temporada, não é? Confeso que senti falta de um beijo entre a Nene e a Clarion, porque pô, de todos os animes da temporada, de todos os casais que vi, acho que esse era o mais óbvio, mais sem conflitos, mais feliz, mais íntimo, então por quê? Só um beijinho, poxa vida. Mas não importa, o episódio teve boa ação e foi forte no aspecto emotivo também, com a Clarion demonstrando claramente o quando gosta da Nene (bom, do jeito dela, mas ficou claro para todos mesmo assim). Foi um episódio muito bom para um anime que foi mais do que apenas a diversão boba que eu achei que fosse ser, por isso merece um bônus no final.

Nota: ?????

Myriad-Colors-no-Phantom-World---12.mkv_001949Myriad Colors Phantom World

Episódio 12

Depois de uma sequência de bons episódios, um episódio sério. E muito bom também! Myriad Colors seria um anime completamente diferente se todas as ameaças fossem como Enigma. Provavelmente seria mais Phantom World do que Myriad Colors, como eu gosto de brincar, hehe. Como eu gosto do colorido e da alegria de Myriad Colors, acho que não seria uma boa. Mas certamente episódios chatos ou ofensivos poderiam ser substituídos de forma indolor por arcos sérios, como esse arco final. E para aqueles que criticaram o episódio da Ruru, considerando-o fanservice desnecessário, bem: quem se importaria com ela no final desse episódio se não tivesse havido um episódio inteiro antes dedicado a humanizar a personagem? O destaque que ela teve nesse fim de temporada indica que ela terá papel central, seja como agente, seja como motivação, no arco final. Já me disseram que ela não existe na light novel, mas eu não poderia me importar menos com isso.

Nota: ????

Prince of Stride

Episódio 12 (final)

Tentou ser um episódio mais emotivo mas isso só funcionou até certo ponto. Não ficou ruim, só não ficou bom o bastante. A animação foi boa, mas pouco foi animado, a corrida nesse episódio praticamente não existiu. Até achei que ficou divertido, empolgante, terem cortado o final da corrida para revelar só no último minuto do episódio que eles haviam vencido, mas mesmo assim eu queria ter visto um pouco mais de ação. Acho que a frase “ficou legal, ficou bonito, mas no geral eu queria ter visto um pouco mais de ação” sintetiza toda a minha experiência com esse anime.

Nota: ???

Schwarzesmarken

Episódio 11

Exploraram mais um pouco as emoções do protagonista, revelaram mais duas conspirações dentro da conspiração, mataram os pilotos secundários que tinham aparecido pra dar uma ajuda, e parece que a Gretel foi pro vinagre. Tecnicamente um bom episódio, animação e trilha sonora muito boas, mas a história está começando a ficar cansativa de novo agora que já passou o pico emotivo. Enfim, tirando algumas falhas insolúveis da própria concepção do cenário até que está sendo um anime bem interessante, e muito melhor que Total Eclipse, o outro anime da franquia Muv-Luv.

Nota: ???

Shoujo-tachi wa Kouya wo Mezasu

Episódio 12 (final)

Não foi um episódio especialmente bom, foi apenas um pouco acima da média, divertido, e um encerramento mediano para esse anime que não soube até o final se seria um harém ou sobre produção de jogos. No final não foi nem uma coisa nem outra, não foi sequer um romance normal (o que poderia ter sido mas o anime irritantemente se esquivou em todas as oportunidades). Bônus por ter sido na maioria dos episódios pelo menos bom para passar o tempo e por ter mantido e reforçado sua principal mensagem no final. E por sugerir que as garotas vandalizaram o terraço da escola pintando o chão com tinta, como era mostrado na animação de encerramento desde o começo.

Nota: ???

Shouwa-Genroku-Rakugo-Shinjuu---12.mkv_002341Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu

Episódio 12

Que episódio forte. Que episódio triste. Que episódio esperado. Eu sabia o que ia acontecer, mas mesmo assim foi triste de ver. Principalmente depois do episódio anterior, tão feliz, e da apresentação de rakugo redentora do Sukeroku logo antes. Se dá para dizer que fico “feliz” com alguma coisa, foi com ver que a Miyokichi não foi mesmo reduzida a uma vilã no final. Ela estava fora de si, claro, mas seu comportamento ainda era humano, e era compreensível para o tempo, o lugar e a vida que viveu. Só lamento um pouco que essa cena final ficou um pouco curta demais, além de ter sido relativamente desconectada da anterior, a apresentação de rakugo, e isso, mais o fato de que eu já sabia o que ia acontecer, diminuiu bastante o impacto emocional. Ainda assim foi uma cena forte, mas eu esperava mais.

Nota: ????

Fabio vai assistir anime demais na próxima temporada!
 
Ele tem seu próprio blog e você pode encontrá-lo no facebook também.