Novo trailer da série anime takt:op

O site oficial de Takt Op (takt op. Destiny), uma série anime original dos estúdios MAPPA e Madhouse baseada num projeto multimédia da Bandai Namco Arts e DeNA, começou a exibir este novo trailer onde podemos ouvir o tema de abertura “takt” de ryo (supercell) feat. mafumafu x gaku.

A série anime vai estrear dia 5 de outubro de 2021, a animação é dos estúdios MAPPA e , a direção é de Yuuki Itoh (Granblue Fantasy the Animation, Magical Girl Lyrical Nanoha ViVid), o argumento é de Kiyoko Yoshimura (Linebarrels of Iron,The God of High School), o design de personagens original é de LAM e a sua adaptação para anime é da responsabilidade de Reiko Nagasawa (Overlord III) e a música foi entregue a Yoshihiro Ike (The Great Passage, Dororo, Tiger & Bunny).

Quanto a seiyuu:

Daisuke Namikawa como Shindler e Eiji Hanawa como Sagan
Daisuke Namikawa como Shindler e Eiji Hanawa como Sagan
Inori Minase como Heaven e Reina Ueda como Hell
Inori Minase como Heaven e Reina Ueda como Hell
Satoshi Hino como Lenny.
Satoshi Hino como Lenny.
Miku Itou como Titan.
Miku Itou como Titan.
Kaede Hondo como Anna Schneider.
Kaede Hondo como Anna Schneider.
Shion Wakayama como Destiny.
Shion Wakayama como Destiny.

Na história do anime, um dia um meteorito negro caiu no mundo, e o mundo mudou completamente. O meteorito produziu monstros grotescos chamados D2. Os D2 rapidamente baniram todas as músicas, que era a única coisa capaz de superá-los. Mas houve algumas pessoas que resistiram aos D2. São jovens que detêm o poder da música, a “Musicart”. Essas jovens possuem músicas que são capazes de derrotar os monstros. E também existe alguém que comanda essas mulheres, o Maestro.

O anime desenrola-se na América no ano de 2047, que está em ruínas graças aos D2. Takt, um Maestro, é parceiro de uma Musicart chamada Unmei. Takt deseja que a música volte ao mundo, e Unmei deseja destruir os D2. O objetivo é viajar para New York.

O projeto vai ter direito também e um videojogo.

FONTESite oficial
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.