Polémico Yamakan foi à falência

Desta vez nem a enorme boca de (Yamakan) o salvou, e o diretor anime acabou de revelar que no passado dia 4 de março declarou formalmente falência.

Yamamoto explicou no documento que o pedido de falência está relacionado com a sua holding Ultra Super Pictures. A holding conjunta foi criada em 2011 para os estúdios anime Sanzigen, Ordet e Trigger. Yamamoto afirmou no documento que está a declarar falência porque atualmente é difícil para ele devolver os mais de 100 milhões de ienes (cerca de 900 mil dólares) que a Ultra Super Pictures deve aos credores. O documento afirma que o próprio Yamamoto “não tem” nenhuma dívida além de um empréstimo do carro e os seus cartões de crédito pessoais, e que a maior parte da sua dívida está relacionada à quantia que a Ultra Super Pictures deve aos seus credores.

Yamamoto revelou ainda que o filme anime (Twilight) dele e do Twilight Studio não têm relação com estes procedimentos de falência (o Twilight Studio é uma empresa diferente da Ultra Super Pictures e a falência é para o próprio Yamamoto), e os procedimentos não afetarão os fundos para o filme. Além disso, Yamamoto afirmou que nenhum dos fundos para as várias campanhas de crowdfunding para Hakubo foram usados para pagar aos credores da Ultra Super Pictures. O filme vai estrear em maio de 2019 tal como planeado.

 (Yamakan), diretor de e Kannagi, sempre foi uma figura controversa na indústria anime, desde culpar os otakus pelo cancelamento de [New Life+], a afirmações que o anime morreu por causa do Moe e que a idol  deveria ter feito mais para evitar ser esfaqueada, a sua presença irascível on-line valeu-lhe muitos problemas e recentemente ele vem a publico ameaçar pela 5ª vez que vai abandonar a indústria anime.

Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
luna
luna
26 , Agosto , 2019 6:05

sem palavras