Gantz volume 1 cover

No seu twitter, Hiroya Oku, o autor de Gantz e Inuyashiki, revelou que Julius Avery (filme live-action de Overlord, Son of a Gun) vai dirigir a adaptação para filme live-action por Hollywood do mangá , acrescentando que era a primeira vez que estava a ouvir isso.

Ele esclareceu num tweet posterior que concordou com o contrato há muito tempo, mas não sabia como as coisas estavam a ser encaminhadas.

Ainda sem data para começarem os trabalhos sabemos que a produção de live-action por Hollywood foi entregue à Temple Hill.

O mangá Gantz começou a ser lançado no ano 2000 na Young Jump e inspirou uma série anime anime pelos estúdios  e dois filmes live-action, tendo terminado a sua publicação em Junho de 2013. O mangá inspirou um filme anime 3DCG intitulado GANTZ: O que estreou no Japão em outubro de 2016.

Em Novembro de 2015 foi lançado no Japão , um manga Spinoff de Gantz, pelo próprio mangaká e (Blue Gralia).

Não existe mais anime de Gantz por causa de Hollywood

Sinopse de GANTZ

Você achou que a sua vida era má? Às vezes, a morte é pior. Não há salvação, nem paz, e nenhum deus esperando recebê-lo sob os seus cuidados. Mas espere, um deus? Talvez você queira dizer aquela grande bola preta presa na sala com você. Agora você está num jogo, lutando contra alienígenas verdes e monstros robóticos por uma oportunidade de sobreviver. Quando Kei Kurono é morto, ele vê-se envolvido nesse tipo de jogo – um teste às suas habilidades, a sua moral e a sua vontade de sobreviver. A sua vida não é sua; a sua morte é cuspida e pisoteada inúmeras vezes. E se você não ouvir? Deus sabe. Uma palavra de cautela: Gantz não é para os fracos de coração, mas também não é tão simples quanto parece. O sangue coagulado, o estupro e a violência estão na superfície, assim como os retratos da ganância, da violência e de toda a feiura vista na sociedade atual.

FONTE@hiroya_oku
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.