War Robots: Frontiers já está disponível em acesso antecipado no PC

Salta para o cockpit do teu mecha e conquista o campo de batalha

A MY.GAMES revelou que o jogo War Robots: Frontiers já está disponível em acesso antecipado no PC (Steam).

A história decorre 200 anos após o jogo original. Nesta continuação os jogadores poderão contar com um novo sistema de mundos intitulado Wild Ten desenvolvido através do motor de jogo Unreal Engine 5 enquanto conquistam o inimigo recorrendo a táticas explosivas a bordo de mechas incrivelmente personalizáveis em combates PvP.

Neste acesso antecipado os jogadores podem contar um mapa que contém áreas totalmente destruíveis, o que significa que ao longo de uma partida será necessário ajustar constantemente as táticas consoante um relevo em constante mudança. No decorrer deste acesso antecipado novos mapas serão adicionados ao seu lançamento que vai ser algures em 2023 nesta plataforma e nas consolas PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series.

As batalhas podem decorrer no Wild Ten, mas é no hangar que realmente começam. Nesta estrutura os jogadores vão poder desenvolver e construir os seus robots a partir de combinações de peças diversas. O ‘corpo’ do mecha determinará as habilidades que os jogadores poderão aceder no campo de batalha. Desde as habilidades de escudo de Ares até aos bombardeios de Bulgasari, os jogadores podem escolher entre 8 tipos diferentes para misturarem e combinarem. Os armamentos extra, tais como metralhadoras, mísseis, e canhões de longo alcance, poderão ser equipados nos ombros de todas as máquinas. As combinações são realmente infindáveis.

Os produtores do jogo também partilharam um “roadmap” do conteúdo que chegará ao jogo nos próximos meses. Em dezembro o jogo vai receber a sua primeira grande atualização com novos robots, armas, módulos de habilidade e muito mais. Em 2023, mais atualizações estão agendadas para receber lançamento.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments