Mangá de Dies irae chegou ao fim subitamente

Mangá de Dies irae chegou ao fim subitamente

Aparentemente não foi só a adaptação para série anime da light novel que passou por problemas e a adaptação para mangá por Kazuomi Minatogawa de Dies irae: Amantes amentes chegou ao fim abruptamente a 26 de julho na Dengeki Maoh.

A edição da revista revelou que o mangá chegou ao fim devido a “várias circunstâncias”.

A adaptação para mangá começou a ser publicada naquela revista em janeiro de 2017 e o 4º volume foi lançado a 23 de março.

Lançada em 2007 esta história alternativa tem como base os eventos históricos da Alemanha nazi. Em 1945, após a queda inevitável do Terceiro Reich, alguns partidários nazistas tentaram um ritual antigo, misterioso e proibido de reviver a chamada “Longinus Dreizehn Orden (13 lanceiros Santos)”, na tentativa de mudar o seu destino condenado. Mas aqueles nazis desapareceram após o ritual até agora.

Seis décadas após a Segunda Guerra Mundial e da queda do Terceiro Reich, o mistério desses fantasmas ressuscitados convocados por aqueles nazis ainda é desconhecido. No Japão moderno, o protagonista lutou com o seu amigo traído e ficou internado num hospital psiquiátrico; ele geralmente tem pesadelos com os 13 lanceiros santos ressuscitados e as suas conexões com o nazismo. O protagonista também sonhou com a guilhotina que é utilizado para executar as vítimas sob as suas forças terríveis e irresistíveis.

Subscreve
Notify of
guest
3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
artur victor
artur victor
2 , Agosto , 2019 2:14

Parei no ep 5 do anime(eu achei bem meh). Talvez eu dê uma olhada no mangá

Likou
Likou
4 , Agosto , 2019 8:50

O anime é tão ruim, mas tão ruim que eu não consigo acreditar que existe alguma história boa originalmente.

Sazh
4 , Agosto , 2019 8:50

Esse aí sofreu