A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA anunciou que a Nvidia terá de pagar 5,5 milhões de dólares por obscurecer ilegalmente quantas das suas placas gráficas foram vendidas para mineradores de criptomoedas.

A comissão afirma que a Nvidia enganou os investidores ao relatar um grande aumento na receita relacionada com “jogos”, escondendo o quanto do seu sucesso dependia do mercado de criptomoedas muito mais volátil. A Nvidia não admitiu as irregularidades como parte do acordo na multa, mas concorda em impedir qualquer falha ilegal na divulgação de informações.

A multa é referente aos relatórios financeiros do ano fiscal de 2018 da Nvidia. A SEC afirma que a Nvidia viu uma explosão nas vendas relacionadas com a mineração de criptomoedas em 2017, quando as recompensas da mineração de Ethereum cresceram dramaticamente. A mineração de criptomoedas foi amplamente divulgada como a causa da escassez de GPU, e a Nvidia lançou uma linha CMP separada especificamente para mineração, tentando evitar a escassez para os jogadores. Mas os funcionários aparentemente reconheceram que muitas GPUs de jogos ainda estavam a ir para os mineradores.

Dada a natureza de expansão e queda das criptomoedas, isso significava que os números de vendas da Nvidia não indicavam necessariamente um crescimento futuro confiável, tornando o investimento mais arriscado.

Subscreve
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments