The Promised Neverland – ep 4: Quem é o espião?

Spoilers Alert!!

Depois de uma estreia fenomenal que conseguiu surpreender toda a gente, The Promised Neverland teve alguns episódios mais calmos que ficarão um bocado á quem do que as pessoas que lêem o manga estavam à espera. Porém, nesta semana, voltamos a ver um 4º episódio repleto de cenas marcantes e revelações que surpreenderam muita gente.

Tal como aconteceu na estreia desta série anime, que é sem dúvida o episódio que (até agora) surpreendeu mais os espectadores, daqui para a frente o enredo irá ficar cada vez mais tenso mostrando revelações atrás de revelações que serão muito importantes para a fuga dos nossos protagonistas.

A Mama consegue se muito intimidadora!

Para começar, neste episódio, já conseguimos ver que a Mama Isabella, apesar de não o mostrar, continua a monitorizar tudo ao pormenor. Mesmo com os movimentos feitos pela Irmã Krone para intimidar as crianças e o plano de fuga delineado pelas três crianças mais velhas do orfanato, Isabella continua segura e a agir calmamente sem dar a entender às restantes crianças que algo de errado se passa.

Voltando ao ponto da Irmã Krone, (que já tinha falado na review passada) podemos ver mais uma cena estranha com a sua “querida” boneca do demónio. Sinceramente não fiquei grande fã destas adições, lembrando que estas cenas são originais, isto é não existem no material original. Para mim estas cenas não coincidem com a personalidade desta personagem, visto que no manga a Irmã Krone tem como objetivo ser assustadora e nesta adaptação está só estranha, é tratada quase como uma piada…

Medo! Isto é o que esta personagem tenciona trasmitir!

Com o avançar do plano de fuga, os nossos protagonistas vêm-se obrigados a contar toda a verdade às restantes crianças. Tal como os três protagonistas, Don e Gilda também fazem parte do grupo das crianças mais velhas do orfanato, por isso é normal que eles sejam dos primeiros a saber.

Depois de descobrirem (uma parte) da verdade estes dois personagens tiveram uma reação bem natural, típica de simples crianças com os seus 10/11 anos e isso, a princípio, acabaria com qualquer suspeita que envolvesse qualquer um dos dois.

Contudo, existe uma grande probabilidade de um deles ser o espião, por isso é necessário um pouco de cautela com a informação que lhes é contada e o Norman já tem a situação bem controlada. O nosso grande estratega, através de umas pequenas mentiras, conseguiu manipular a situação a seu favor deixando assim bem claro quem é o verdadeiro espião. 

Imaginem a frustração destas crianças depois de saberem uma coisa destas…

Mesmo com esta reação dita normal, depois de descobrir o que se passa naquele orfanato, não podemos negar que a Gilda seria a suspeita principal desde o começo. Ao longos destes últimos episódios o enredo foi-nos dando algumas pistas que incriminavam a Gilda de modo que nós (espectadores) entendessemos que ela seria, na verdade, a espiã, esquecendo assim qualquer outra hipótese. Contudo isto não era nada mais do que uma armadilha dos autores de The Promised Neverland.

Na época em que li o manga, durante grande parte do tempo, suspeitei que fosse a Gilda a verdadeira espiã eliminado qualquer uma das outras opções, contudo, para minha surpresa, o espião era uma pessoa completamente diferente, aquela pessoa de que eu nunca iria suspeitar, por mais evidências que houvessem.

Tal como eu referi na review do 2º episódio a reação de uma criança, por mais inteligente que seja, depois descobrir toda a verdade sobre o orfanato nunca seria um reação tão frio como aconteceu com o Ray. Para além disso, este personagem sempre se mostrou bastante conhecedor do que o rodeia preocupando-se com coisas que as outras crianças não se preocupam deixando várias suspeitas no ar. 

Podemos ver isso logo nos primeiros dois episódios onde o Ray está atento a tudo (existem vários planos apenas com ele a observar o Norman e a Emma), quase como se estivesse a tentar perceber o que os outros dois protagonistas tinham visto na noite da “adoção” da Conny e, depois deste episódio, estas peças começam a juntar-se e tudo aponta realmente para o Ray. 

Mesmo assim, quando eu estava a ler o material original, nunca me passou pela cabeça que o Ray poderia ser o espião (mas se o Norman diz só podemos acreditar).

Sem palavras…

Ao contrário dos episódios passados que adaptaram cerca de 4 capítulo, tendo que fazer vários cortes no material original, este episódio foi bem mais fiel ao manga de The Promised Neverland adaptando apenas três capítulos, desde o capítulo 10 ao capítulo 12.

Mesmo que este episódio tenha sido bem mais fiel ao material do que os anteriores, ainda foram alguns cortes, por mais leves que sejam, que eu achava importantes, mas nada que prejudique o desenvolvimento da obra.

Que falta que esta cena fez…

Passando agora para os aspetos técnicos deste episódio tivemos uma boa evolução desde o episódio 2. Mesmo que o enredo deste episódio consiga fazer um bom trabalho por si só, a direção também conseguiu fazer um bom trabalho na adaptação desta parte da história.

Gostava desde já de realçar a trilha sonora deste episódio que se safou muito bem na maior parte do episódio (menos na cena da Krone e da boneca demoníaca) e o valor emocional que as músicas foram acrescentando a cada cena, visto que este será sempre um ponto a favor da série anime.

Para além disso é de elogiar alguns enquadramento e outras cenas que focam na visão na primeira pessoa dos personagens algo que até é simples de se fazer e que eu, particularmente, gosto e tem sido usado várias vezes no decorrer desta série anime.

Norman é genial!

No próximo episódio vamos ter a tão esperada revelação do verdadeiro espião que será o ponto principal deste capítulo da história. The Promised Neverland ainda tem muito para nos revelar, por isso não percam nenhum episódio desta serie anime espetacular.

O Phill é muito fofo!

Até à próxima review!

 

 

Algumas cenas interessantes:

Tocou no ponto…
Não tem o que comparar com o anime…
Estes fins de capítulo são muito bons!
Ficou bonito!
No manga a Emma parece mais madura…
Ray bem no topo da situação…
Mentiras pequenas…
A Gilda subiu uns pontos na minha consideração!
Não esperava por essa!
Anime vs Manga