Vendas de mangá digital ultrapassa vendas físicas no Japão pela 1ª vez

O The Huffington Post e a NHK World revelaram que em 2017 as vendas de mangás digitais ultrapassaram pela primeira vez as vendas físicas no Japão.

O relatório pelo Research Institute for Publications revela que a venda de volumes mangá físicos atingiu os 166.6 bilhões de ienes, representando uma descida de 14.4% comparativamente com o ano anterior. Esta é a queda mais acentuada desde 1978.

No entanto, a venda de volumes mangá de forma digital subiu para o 171.1 bilhões de ienes, uma subida de 17% comparativamente ao ano anterior. Estes números não incluem as vendas das revistas.

O relatório afirma que uma das razões para a queda é o facto de algumas das séries mangá mais vendidas terem terminado, com apenas alguns títulos a substituí-las. O relatório também citou analistas que afirmam que o número de pessoas que compram cópias digitais aumentou em parte devido a campanhas de desconto.

As vendas combinadas de impressão e digital caíram 0,9% em 2017 em relação ao ano anterior. O relatório observa que o download ilegal de manga teve um efeito negativo sobre a indústria.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.
Subscreve
Notify of
guest

7 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Charles
11 , Julho , 2019 21:20

Normal. Aos poucos vai rolar o que rolou com os CDs de música. A era digital fica cada vez mais forte.

Ferraz Omega
Ferraz Omega
11 , Julho , 2019 21:20

Acredito que sem os scans, os mangá/animes teriam pouquíssimo impacto fora do japão, mas talvez com o aumento das vendas digitais, possa proporcionar uma maior visualização para plataforma oficiais de mangás online.
Apesar que muitas vezes as traduções em scans são melhores que as publicadas.

Vincent Kovacs
Vincent Kovacs
Reply to  Ferraz Omega
12 , Julho , 2019 0:28

O japao e a industria tem toda essa guerra contra scans e pirataria. Sempre falando das mesmas como algo negativo e que é prejudicial para a industria. Porém isto está longe da verdade dos fatos.

A verdade é que, assim como para os videogames, a pirataria ajudou a fortalecer o mercado desta mídia fora do japão, mercados estes que são renegados até hoje pelas proprias revistas e produtores. Estas empresas se negam a expandir o mercado, muitas vezes, e ainda reclamam quando os fans tentam arrumar seu jeito de ler suas obras. Até mesmo indo atrás de outras mídias.

Um mercado que vemos isso é o de animes, por exemplo, apesar de tantas proclamações sobre a não aceitação dele no ocidente, tratando-o como não viável, hoje temos um grande mercado (ainda longe do ideal) movimentado por plataformas de streammings, como Crunchyroll, Netflix e Amazon Prime.

Espero que mais do que servir para uma propagando anti-pirataria esta noticia sirva para que os japoneses vejam que não precisam de empresas mercenarias levando seus produtos para o exterior com baixa qualidade de impressão, tradução e com preços abusivos. Espero que esta noticia seja a porta de entrada de muitas dessas empresas em um novo tipo de mercado em expansão que é o da publicação online das obras e com tradução pelo menos em ingles. Este merca está se fortalecendo a anos, e a coréia do sul vem provando que é viavel com plataformas como Lezhin.

Somente espero que isto também sirva para que plataformas como a do Lezhin aprendam a gerir propriamente uma empresa de maneira a não abusar de seus autores com prazos curtissimos, salários infimos, censura e extorsão dos mesmos.

Ferraz Omega
Ferraz Omega
Reply to  Vincent Kovacs
12 , Julho , 2019 2:09

Isso também ocorreu com os videos games aqui no Brasil, principalmente com o PS2, e com o tempo foi evoluindo com a tecnologia, sendo que hoje em dia a nova geração de consoles “quase” não tem pirataria.

Mas você não acha que pelo japão ser um pais muito conservador isso seria um obstaculo para o ocidente, uma vez que também o gosto são muitas vezes diferente, como é visto em top de personagens ou obras.

Filipe Lobo
Filipe Lobo
Reply to  Ferraz Omega
12 , Julho , 2019 0:28

Mais valia contratar as Scans.

Alber Braz
Alber Braz
Reply to  Ferraz Omega
12 , Julho , 2019 0:28

Teve um mangá de futebol publicado aqui no Brasil recentemente que era do mesmo autor de captain tsubasa a edição e tradução estavam uma perfeita merda

Davi
Davi
11 , Julho , 2019 21:20

Só notei agora que as mãos dos personagens tem um significado. Nem passou pela minha cabeça quando li essa parte.