Funcionário da Kyoto Animation fala como sobreviveu ao ataque

"continuar a criar é o maior contra-ataque contra os criminosos"

Funcionário da Kyoto Animation fala como sobreviveu ao ataque

O jornal japonês Nikkei publicou uma entrevista a um funcionário da Kyoto Animation que sobreviveu ao trágico ataque de dia 18 de julho que causou 35 mortos.

O funcionário de 52 anos, cujo nome não foi revelado, estava a trabalhar em arte de fundo de animes no segundo andar, quando a primeira explosão aconteceu no primeiro andar do estúdio. Depois de superar o choque inicial, ele saltou do segundo andar, salvando assim a sua vida. Ele voltou ao trabalho apenas 6 dias após o ataque, ainda com hematomas da sua fuga.

O homem, que começou a trabalhar na Kyoto Animation nos anos 80, demonstrou um senso de dedicação enorme pelo seu trabalho, afirmando que vai trabalhar duro “fazendo (o seu) melhor”, para que a qualidade do seu trabalho na Kyoto Animation “não pareça vacilar”. Ele também afirmou que a razão pela qual voltou tão cedo ao trabalho foi porque ele se sente mais confortável no trabalho e que continuar a criar é o maior contra-ataque contra os criminosos.

A Kyoto Animation já recebeu em doações diretas cerca de 2.35 milhões de dólares.