Diretor de Afro Samurai e staff de luxo revelam novo filme

Decorreu esta sexta-feira, a Chicago Comic & Entertainment Expo (C2E2), onde a Funimation teve um painel de luxo. Desde logo com o diretor de Afro Samurai, Fuminori Kizaki, o produtor de marketing de Psycho-Pass, Toshiaki Obata e o presidente da Polygon Pictures, Shūzō Shiota. Com tanta qualidade reunida, Fuminori Kizaki anunciou o seu novo projeto, a adaptação da novel No Longer Human de Osamu Dazai.

Katsuyuki Motohiro (FLCL Alternative, Psycho-Pass) é o diretor executivo. Kizaki vai dirigir o filme na Polygon Pictures. Tow Ubukata (Fafner, Psycho-Pass 2) está no guião. Yusuke Kozaki (BBK/BRNK, Intrigue in the BakumatsuIrohanihoheto) é o designer de personagens, e Kenichiro Tomiyasu (Resident Evil: Damnation) é o responsável pela arte conceptual.

A Funimation descreve o filme da seguinte forma:

Do diretor de “PSYCHO-PASS”, o diretor de “Afro Samurai” e do estúdio que trouxe “Godzilla: Planet of the Monsters”.
O ano é 2036. Uma revolução no tratamento médico venceu a morte por meio de nanomáquinas internas e do “Sistema Shell”, mas apenas os mais ricos podem ser permitidos participar.

Yozo Oba não é o mais rico. Incomodado por sonhos estranhos, ele une-se à grupo de motociclistas do seu amigo numa infeliz ida a “The Inside”, onde a elite da sociedade vive. Isso instiga uma jornada de descobertas aterrorizantes que mudarm a vida de Yozo para sempre.

A novel original de Dazai, No Longer Human ( Ningen Shikkaku ), acompanha a separação cada vez mais profunda do jovem do resto do mundo, apesar das suas tentativas de manter uma falsa felicidade. A história foi adaptada de quatro episódios da série anime Aoi Bungaku em 2009, e uma versão filme anime recebeu luz verde logo de seguida. A versão anime apresenta designs de personagens originais do artista de Death Note, Takeshi Obata.

O filme em 3D terá como nome Human Lost, e a Funimation irá exibir o filme nos cinemas americanos já este Outono. Um filme biográfico sobre Dazai intitulado após o romance será aberto no Japão em 13 de setembro.