Entrevista com o escritor de Dr.STONE | Riichiro Inagaki

Alerta Spoilers!! Nesta entrevista Inagaki fala das suas expetativas para a adaptação em anime do seu mangá, Dr.Stone, o processo de trabalho com o seu ilustrador Boichi e o seu conselheiro cientifico Kurare, e outros fatos interessantes do mangá.

Entrevista com o escritor de Dr.STONE | Riichiro Inagaki

O departamento da Shonen Jump da Viz Media teve a oportunidade de entrevistar o escritor de Dr.Stone (lembrar que o responsável pela arte é Boichi), Riichiro Inagaki, no evento Jump Festa 2019 que ocorreu no último mês de dezembro.

Nesta entrevista Inagaki fala das suas expetativas para a adaptação em anime de seu mangá, Dr.Stone, o processo de trabalho com o seu ilustrador Boichi e o seu conselheiro cientifico Kurare, e outros fatos interessantes do mangá.


Segunda imagem promocional e staff de Dr.Stone

O mangá de Dr.Stone, de Riichiro Inagaki e Boichi, começou a sua serialização em 2017 na revista Weekly Shonen Jump, hoje já conta com mais de 100 capitulos, este ano Dr.Stone recebeu o prémio de melhor mangá nos 64º Shogakukan Manga Awards.

A sua adaptação para anime está marcada para julho de 2019 com a animação do estúdio TMS Entertainment, a direção é de Shinya Iino (Diretor assistente em Made in Abyss), o compositor de Série e Script é Yuichiro Kido (Nanatsu no Taizai: Seisen no Shirushi) e o design de personagens é de Yuuko Iwasa.


Entrevista com o escritor de Dr.STONE Riichiro Inagaki

Se você estivesse na posição de Senku, que tipo de pessoa você traria de volta primeiro?

Inagaki Sensei: Tem que ser o Tsukasa. Tenho certeza de que eu acabaria na mesma situação que Senku. Se tu não podes caçar, como conseguirias ter comida? Eu não sou muito atlético, então eu reanimaria alguém como Tsukasa para caçar para mim.
Eu começaria com alguém forte e me preocuparia com agricultura mais tarde. Eu acredito que Senku tomou a decisão certa.

Então alguém capaz de matar leões com as próprias mãos?

Inagaki: Eles não teriam que ser tão fortes! [risos]

Você pensa que, Boichi Sensei e Kurare-san poderiam sobreviver em um mundo assim?

Inagaki: Eu penso que apenas Kurare-san teria chances de sobreviver. Eu acho que Boichi Sensei e eu morreríamos instantaneamente. Nós criaríamos um mangá e depois morreríamos rapidamente. Mas nenhum de nós é muito forte, então provavelmente morreríamos todos. Kurare-san me disse que ele não conseguiria, mesmo com Boichi Sensei. O maior motivo é porque eles não teriam seus óculos. Kurare-san não pode nem andar sem os óculos.

Vocês três poderiam trabalhar juntos?

Inagaki : Eu teria que começar a pegar os dois pela mão e liderando-os porque eu sou o único que pode ver propriamente. Mesmo assim, sobreviver seria uma batalha quase impossível.

Você acha que o verdadeiro fim do mundo será assim tão divertido?

Inagaki: Isso parece divertido? [risos]
Parece muito duro! Talvez eu esteja apenas incluindo as partes onde eles estão se divertindo. Estou a deixar de lado muitas dificuldades que os personagens passam. Mas uma coisa que está errada é que não é o fim do mundo, é o começo do mundo. Eu acabei de dizer algo muito “cool“! [risos]

Entrevista com o escritor de Dr.STONE Riichiro Inagaki

Com qual personagem você mais se identifica em seu mangá?

Inagaki: Em Dr.STONE? Eu acho que seria como o Yo. Ele é um idiota total que só se preocupa em aumentar a sua hierarquia na sociedade. Eu realmente posso entender como ele se sente. [risos] Eu acho que pessoas como ele são muito comuns entre os homens. A maioria das pessoas provavelmente seria como ele. Outro seria Ginro. Ele é um grande pedaço de lixo também. Eu sou basicamente lixo também, então eu posso facilmente me ver como um desses personagens.

Quanto você aprendeu sobre ciência enquanto escrevia Dr.STONE?

Inagaki: Sempre que algo de novo surge. Eu faço o meu melhor para pesquisar e entender. Mas quando te aprofundas em algo, acabas sempre confuso. Por exemplo, a cena com as ondas de rádio. Eu posso estar enganado, mas na cena sobre o funcionamento da eletricidade através de diferentes bobinas e produzindo as ondas. Eu entendo que a passagem da eletricidade produz a ondas. Eu também aprendi no ensino fundamental sobre como se torna magnetizada. Eu entendi aquilo. Mas por que colocar um tubo dentro de um tubo e passar eletricidade através dele produz algo estranho chamado “ondas de rádio”? Eu não entendo. Eu simplesmente não consigo entender. Então eu liguei para Kurare Sensei e perguntei por que isso acontece assim. Então Kurare-san disse: “Sim! Eu também não entendo! Isso só acontece. ”Quando chega a hora, às vezes, quanto mais você entende sobre ciência, mais você percebe que há tantas coisas que você não entende. Se o mundo científico não entende, não há como Kurare-san ou eu entenderem. Nesse ponto, tudo o que se pode dizer é que “funciona dessa maneira”. Eu acabo por fazer muito isso.

Entrevista com o escritor de Dr.STONE Riichiro Inagaki

Como você celebrou o anúncio do anime de Dr.STONE?

Inagaki: Quando o anime Dr.STONE foi anúnciado? Ainda não celebrei nada. O motivo é porque ainda não foi exibido na TV. Ninguém sabe o que poderia acontecer no futuro. Eu posso fazer alguma trapalhada e…

Nós podemos todos virar pedra!

Inagaki: Exatamente!! Isso poderia acontecer. Ou eu posso dizer a coisa errada durante esta entrevista e me meter em problemas com o Jump. Isso pode acontecer, né?! Mas quando o anime realmente estrear, eu vou tirar a garrafa de Chateau Palmer da minha adega e comemorar.

O que você mais espera da adaptação em anime de Dr. STONE?

Inagaki: O que eu estou ansioso é… O primeiro episódio terá um evento que mudará o mundo e eu estou animado para ver quantos milhões de ienes eles vão gastar na animação. Eu estou esperando muito por isso. Talvez eles até gastem um bilhão? [risos] Estou animado sobre o CG.

Editor Japonês: Você vai pagar a maior parte do seu próprio bolso, certo? [risos]

Você tem todos os pontos “chave” da história planeados, ou você vai inventando a história ao longo do caminho?

Inagaki: Os pontos “chave” da trama já estão decididos. Mas os pequenos detalhes são determinados pelos próprios personagens. Não podes criar esses detalhes antes do tempo, tens que fazer isso semana a semana.

Entrevista com o escritor de Dr.STONE Riichiro Inagaki

Com Tsukasa e Hyoga agora derrotados, o enredo seguirá para um conflito homem vs natureza?

Inagaki: Não. Não será sobre homem contra natureza ou homem contra ciência. A razão é porque, para mim, tanto a natureza quanto a ciência são amigos do homem. Acabei de dizer algo muito “cool” novamente! [risos]

Editor Japonês: Teria sido “cool” se não tivesses adicionado aquela última parte!

Então, vamos ver novos vilões?

Inagaki: Não tenho certeza do que conta como um vilão, mas definitivamente haverá novos desafios e adversidades.

As personagens de Dr.STONE geralmente têm nomes muito únicos. Quanto tempo e esforço você dedica aos nomes?

Inagaki: Na verdade eu pus muito esforço e trabalho nos nomes. Eu tenho um arquivo que é uma grande lista de nomes. Então eu tiro as possíveis escolhas de nomes e faço alguns ajustes. Eu acabo gastando muito tempo com isso e isso pode me fazer ficar atrasado para as deadlines. Por isso, muitas vezes eu avanço com nomes temporários que acabo por mudar mais tarde.

Como apenas seis astronautas criaram uma comunidade saudável que conseguiu sobreviver durante 3.700 anos sem sérios problemas de endogamia/falta de diversidade genética?

Inagaki: A resposta básica para isso é que ninguém sabe se isso é possível ou não. A razão é porque ninguém nunca tentou. Mas há situações em que ilhas eram povoadas por um pequeno número de pessoas. Mas ninguém sabe ao certo se começou com quatro ou dez pessoas. Então, se ninguém realmente sabe ao certo, então o Deus do mundo pode decidir. E eu sou o Deus do mundo de Dr.STONE.

Você acabou de dizer algo “cool” novamente!

Inagaki Sensei: Eu disse! [risos] Eu sou apenas uma pessoa “cool“.

Entrevista com o escritor de Dr.STONE Riichiro Inagaki

Em Eyeshield 21, você trabalhou com o insanamente talentoso Murata Sensei. Agora você está a trabalhar o igualmente insanamente talentoso Boichi Sensei. Por que você consegue todos os artistas incríveis?! Você não está a ser ganancioso?

Inagaki: Para ser franco, sim. Eu estou a ser ganancioso. Eu sou apenas um tipo sortudo e ganancioso. E é por isso que sempre sou capaz de me juntar a artistas incríveis e talentosos. Então diga a todos os outros escritores de mangá que estão com inveja de mim para virem-me desafiar na Jump! [risos]

Qual representa maior perigo para Senku e amigos – natureza ou natureza humana?

Inagaki: Bem, a natureza humana é perigosa. Mas se os personagens já introduzidos são perigosos ou não, até eu, como criador, não sei disso, porque eles seguirão em frente enquanto a série continua. Com o mangá, o criador pode dizer a um personagem para não trair ninguém, mas ele pode recusar e fazer isso de qualquer maneira. Então eu não tenho ideia do que possa acontecer. Quanto à natureza, não importa o quão perigosa seja, Senku e seus amigos irão superá-la!

Como é o processo de trabalhar com Boichi Sensei?

Inagaki: Eu envio-lhe os storyboards por fax ou online, e ele desenha a arte enquanto o editor vai transmitindo mensagens para ele. Mas uma coisa interessante é que Boichi Sensei é um verdadeiro defensor quando se trata dos aspetos da ciência. Ele às vezes tem dúvidas sobre algo que é descrito de uma certa maneira e isso nos leva a entender melhor. Então eu realmente aprecio isso. Boichi Sensei provavelmente sabe mais sobre ciência do que eu.

Qual foi a linha de pensamento por trás dos designs dos sapatos na vila de Kohaku?

Inagaki: Eu na verdade não dei nenhuma instrução sobre os sapatos. A razão pela qual eles são assim provavelmente é porque Boichi Sensei achou que esses sapatos fariam ela parecer mais bonita. Eu não sei se outro motivo por trás desse!