Governo japonês discute leis de direitos autorais mais rígidas sobre cosplay

Novas regras podem regular as fotos nas redes sociais e os lucros obtidos com o cosplay

Governo japonês discute leis de direitos autorais mais rígidas sobre cosplay

O jornal japonês Nikkan Sports, noticiou que o governo japonês está a trabalhar na criação de leis que afetaram o Cosplay.

Embora o cosplay sem fins lucrativos não seja afetado, as fotos de cosplay colocadas nas redes sociais e os cosplayers que ganham dinheiro com eventos podem ser responsabilizados por violação de direitos autorais.

O que a lei pretende esclarecer é se ao ganharem dinheiro com a venda de fotos ou fatos, os cosplayers estão a infringir os direitos autorais dos personagens.

No momento, nada é oficial, e o governo está a discutir com cosplayers japoneses profissionais, como a Enako, que é bem conhecida pelos seus ganhos significativos com cosplay e também é embaixadora do Cool Japan.

Cosplayer profissional revela como ganha mais de 1500 euros numa hora

No seu twitter Enako afirmou:

Eu acho que há alguns mal-entendidos sobre as informações que estão a sendo espalhadas por aí sobre as mudanças nos direitos autorais de cosplay, mas este artigo é fácil de entender. (link para o artigo do Nikkan Sports)

Tive uma conversa com a ministra Inoue e estamos a procurar uma maneira de proteger os direitos autorais sem interferir na cultura cosplay atual.

Além disso, não ouvi nada sobre a proibição de (fotos de cosplay colocadas em) mídias sociais, conforme foi escrito num outro artigo, então estou ansiosa para descobrir a verdade.

Não estou realmente numa posição de dar uma declaração facil sobre o assunto, mas pessoalmente espero que as mudanças não regulem as postagens nas redes sociais e as atividades feitas por fãs se não tiverem fins lucrativos.

Ela também afirmou:

Cosplay sem fins lucrativos não infringe direitos autorais, mas enviar fotos para sites baseados em associação (SNS), como Instagram, ou receber remuneração em eventos pode violar direitos autorais.

Sobre a sua posição quando faz cosplay:

A propósito, eu já disse isto muitas vezes antes, mas quando estou na TV, em eventos ou qualquer outra coisa com fins lucrativos, levo os direitos autorais em consideração e não faço cosplay de personagens de trabalhos publicados, mas utilizo as minhas próprias roupas originais em vez disso.

Sempre que faço cosplay de personagens de trabalhos publicados, faço isso após obter permissão da editora.

FONTENikkan Sports
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.