Polícia prende mulher por ameaçar incendiar o Wit Studio

Polícia prende mulher por ameaçar incendiar o Wit Studio

O departamento de polícia de Musashino, em Tóquio, revelou que prenderam uma mulher de 25 anos da cidade de Ōsaki, na prefeitura de Miyagi, sob a acusação de obstrução forçada de negócios.

A mulher terá enviado um e-mail para o Wit Studio (Attack on Titan, Great Pretender, Kabaneri of the Iron Fortress, Vivy -Fluorite Eye’s Song-) a ameaçar incendiar o estúdio de animação. A polícia prendeu-a na quarta-feira e, de acordo com o relatório policial, a mulher admitiu a acusação.

Segundo a polícia, a mulher enviou o e-mail no dia 7 de maio, escrevendo: “Vou colocar fogo no seu quartel general dentro de uma semana”. O estúdio reforçou a sua segurança, o que forçou alguma obstrução aos negócios diários. A polícia está a investigar se a suspeita está a sofrer de alguma doença mental e também se é ela que tem enviado e-mails e faxes de assédio ao estúdio desde 2018.

Desde o fatídico ataque com fogo ao estúdio de animação Kyoto Animation que resultou em 36 mortos e 33 feridos que outros estúdios têm recebido ameaças de pessoas a dizer que lhes vão fazer o mesmo.

Em junho de 2020, a polícia de Kyoto prendeu um suspeito por ameaçar esfaquear e incendiar vários membros do staff e atrizes de voz do anime Kemono Friends. Em 2019, apenas quatro meses após o incêndio da Kyoto Animation, a polícia de Okayama prendeu um homem por postar ameaças de morte ao Studio Khara. Em ambos os casos, os suspeitos fizeram referência ao incêndio da Kyoto Animation.

Subscreve
Notify of
guest

3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Ψυκιησ 『Deus Da Censura』
Ψυκιησ 『Deus Da Censura』
29 , Maio , 2021 14:42

A cada ano tem um doido

Joe
Joe
28 , Maio , 2021 19:14

Parece que virou moda mesmo. Estranho.

King Lion 2019
King Lion 2019
28 , Maio , 2021 19:13

Japão cada vez melhor.