DC Comics remove capa de The Golden Child após críticas da China

Imagem promocional de The Dark Knight Returns: The Golden Child
Imagem promocional de The Dark Knight Returns: The Golden Child

A situação política em Hong Kong é bem complexa e polémica e a DC Comics é a mais recente companhia a ver-se envolvida no meio de toda a confusão.

No próximo mês, a saga Batman de Frank Miller regressa com um novo livro intitulado The Dark Knight Returns: The Golden Child, que seguirá principalmente a história do filho do Superman e da Mulher Maravilha, Jonathan Kent. Embora os fãs certamente estejam ansiosos pelo lançamento do livro, grande parte da atenção recente em torno do livro foi marcada por controvérsia. A DC Comics acabou por se tornar na mais recente grande empresa a remover posts devido às críticas dos chineses e da situação de Hong Kong.

A DC partilhou uma capa promocional para The Golden Child, na qual Batman está a atirar um cocktail molotov com as palavras “The Future Is Young” (O futuro é jovem), escritas em letras rosa brilhantes. Depois do post ser compartilhado on-line, algumas pessoas na China reclamaram que muitas das imagens da capa apoiavam os protestos pró-democracia que acontecem em Hong Kong.

Os chineses no Weibo reclamaram que o uso do cocktail estava ligado às táticas mais violentas usadas pelos manifestantes, e que o fato usado por Batman fazia alusão às roupas usadas pelos manifestantes. Alguns chegaram a argumentar que The Golden Child no título referenciava a cor amarela, que é uma marca dos protestos.

Não há conexão direta com os protestos de Hong Kong na arte da capa, além do vago simbolismo mencionado em cima, mas foi o suficiente para fazer com que a DC removesse a imagem. A capa de Golden Child foi removida de todos os canais de mídia social após a reação.