Fate/Grand Order será acessível a quem não jogou o jogo

14

Fate/Grand Order será acessível a quem não jogou o jogo

Em 2018 ficamos a saber que estava em produção uma série anime e filmes do jogo para smartphones , e embora nenhum dos animes vá contar a história desde o seu início, os produtores Yūichi Fukushima (CloverWorks) e Shizuka Kurosaki (Aniplex) asseguraram numa entrevista à Newtype que ambos os projetos serão acessíveis a quem nunca jogou .

A série anime Fate/Grand Order: Babylonia (Fate/Grand Order: Zettai Majuu Sensen Babylonia) vai adaptar a história “Dai Nana Tokuiten Zettai Majū Sensen Babylonia” (Order VII: The Absolute Frontline in the War Against the Demonic Beasts: Babylonia) e os filmes Fate/Grand Order Shinsei Entaku Ryōiki Camelot: Wandering: Agateram e Fate/Grand Order Shinsei Entaku Ryōiki Camelot: Paladin: Agateram vão adaptar a história “Dai Roku Tokuiten Shinsei Entaku Ryōiki: Camelot” (Order VI: The Sacred Round Table Realm: Camelot).

Kurosaki afirmou que ouviu muitas perguntas dos jogadores sobre como todos os trabalhos do anime serão conectados e revelou que os projetos anime têm a sua própria equipa a trabalhar de forma independente.

Os produtores disseram que tinham a esperança que o apelo da série fosse transmitido aos fãs só do anime, e que eles ficassem curiosos para experimentar o jogo. Eles também expressaram a sua esperança de que os fãs de longa data da franquia Fate também possam gostar dos animes.

A animação de Fate/Grand Order: Babylonia foi entregue ao estúdio CloverWorks (DARLING in the FRANXX, PERSONA 5 the Animation), a direção é de Toshifumi Akai (diretor assistente de DARLING in the FRANXX) e o design de personagens é de Tomoaki Takase (Occultic;Nine, Saekano: How to Raise a Boring Girlfriend).

A animação dos filmes foi entregue ao estúdio (Ghost in the Shell: Stand Alone Complex, Eden of the East, Napping Princess) com design de personagens por Takeshi Takeuchi (franquia Fate).