Netflix no Festival de Cinema Internacional de Busan 2021

Os títulos da Netflix My Name, Hellbound, Missão Victory, Noite no Paraíso, O Poder do Cão, The Hand of God e Identidade foram convidados para o Festival de Cinema Internacional de Busan de 2021

Hellbound Netflix poster

A 26.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Busan (BIFF) revelou recentemente a sua lista de convidados, e os títulos da Netflix que vão estar em destaque.

Em particular destaque encontram-se as séries dramáticas coreanas My Name e Hellbound, ambas com estreia em breve.

My Name, com estreia agendada para 15 de outubro, tem realização de Kim Jin-min, que já tinha chocado o mundo com a série da Netflix Extracurricular. My Name segue a história de Jiwoo, uma mulher que se junta a uma organização criminosa e se torna polícia à paisana para encontrar o assassino do pai. Ao assumir uma nova identidade, ela enfrenta a dura verdade e executa a sua vingança. A atriz Han So-hee promete surpreender com a sua transformação para interpretar o papel da vingativa Jiwoo. Os atores Park Hee-soon, Ahn Bo-hyun, Kim Sang-ho, Lee Hak-ju e Jang Yull completam o elenco que enriquece esta história repleta de suspense.

My Name poster netflix

Após ser exibida na 46.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Toronto, Hellbound foi aclamada pela realização exímia de Yeon Sang-ho, pela história explosiva e pelos impressionantes desempenhos dos atores. A série será revelada à Coreia pela primeira vez no decorrer do BIFF. Hellbound segue a história de seres sobrenaturais que aparecem na Terra para condenar as pessoas ao inferno, resultando na ascensão de um grupo religioso, enquanto outros investigam a verdade por detrás deste estranho fenómeno. O realizador Yeon Sang-ho e o argumentista Choi Gyu-seok, criadores do webtoon original em que se baseia a série, voltam a juntar-se para trabalhar na história. O elenco de luxo inclui Yoo Ah-in, Kim Hyun-joo, Park Jeong-min, Won Jin-a, Yang Ik-june, Kim Do-yoon, Kim Sin-rock, Ryu Kyung-soo, Lee Re, entre outros. Depois do TIFF e do BIFF, Hellbound será também exibida no Festival de Cinema de Londres, organizado pelo Instituto Britânico de Cinema (BFI, na sigla em inglês).

A Netflix também terá filmes de criadores de renome mundial no BIFF. O Poder do Cão e The Hand of God, vencedores do Leão de Prata nas categorias de Melhor Realizador e Grande Prémio do Júri, respetivamente, na 78.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, foram convidados para o programa Icons, do BIFF. O Poder do Cão é o primeiro filme da lendária realizadora Jane Campion em 12 anos. Campion já tinha vencido a Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes com o filme O Piano. O Poder do Cão é protagonizado por Benedict Cumberbatch e é baseado num livro epónimo de 1967. A história segue a rivalidade de dois irmãos muito diferentes a residir no Montana, na década de 1920. O filme está a receber rasgados elogios de vários festivais de cinema de renome no mundo inteiro, como o Festival Internacional de Cinema de Toronto e o Festival de Cinema de Nova Iorque.

The Hand of God é uma obra do aclamado realizador italiano Paolo Sorrentino, vencedor do Prémio do Júri no Festival de Cinema de Cannes, em 2008, por Il Divo. O realizador também venceu a estatueta de Melhor Filme de Língua Estrangeira na 86.ª edição dos Óscares, na 71.ª edição dos Globos de Ouro e na 67.ª edição dos BAFTA com A Grande Beleza. The Hand of God segue a história de autodescoberta de um adolescente a viver na Nápoles dos anos 80. Paolo Sorrentino conta a sua história mais pessoal até agora, combinando destino, família, desporto, cinema, amor e perda. Além disso, Filippo Scotti venceu o prémio de Melhor Jovem Ator no Festival de Cinema de Veneza pela sua interpretação do papel principal.

Depois de muito aclamado no Festival de Cinema de Sundance de 2021, Identidade integrará a secção World Cinema no BIFF. O filme é baseado no livro epónimo de 1929 da autoria de Nella Larsen. O título remete para as pessoas afro-americanas que se fazem passar por brancas. Rebecca Hall, famosa pelos seus papéis em O Terceiro Passo, Um Dia de Chuva em Nova Iorque e Godzilla vs. Kong, estreia-se na realização com este filme a preto e branco. Tessa Thompson, muito elogiada em Thor: Ragnarok, e Ruth Negga, de Loving e Ad Astra, interpretam os papéis de amigas de infância mulatas que se identificam de formas diferentes em adultas. O filme escrutina as profundas raízes do racismo nos EUA e faz uma análise detalhada ao preconceito pela cor da pele.

Tendo alcançado grande popularidade no mundo inteiro, Missão Victory e Noite no Paraíso serão exibidos na secção Korean Cinema Today — Panorama do BIFF. Com realização de Jo Sung-hee e elenco composto por Song Joong-ki, Kim Tae-ri, Jin Sun-kyu, e Yoo Hai-jin, Missão Victory alcançou o Top 10 da Netflix em cerca de 80 países. Noite no Paraíso, com realização de Park Hoon-jung e elenco composto por Um Tae-goo, Jeon Yeo-been e Cha Seoung-won, contrasta a beleza da Ilha de Jeju com uma história triste e macabra. O filme foi alvo de muita atenção ao ser convidado para a secção de filmes fora de competição da 77.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza.

ROMA, A Balada de Buster Scruggs e O Outro Lado do Vento foram os primeiros filmes da Netflix a integrar o BIFF, em 2018. The King, Marriage Story e J’ai perdu mon corps foram convidados no ano seguinte, em 2019. Em 2020, Hora de Caçar foi muito bem recebido no festival de cinema. Mais informações sobre os títulos da Netflix a serem exibidos no BIFF de 2021 serão publicadas na página oficial do BIFF.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.