Artista de Machimaho pede para comprarem a versão oficial do mangá

Artista de Machimaho pede para comprarem a versão oficial do mangá

O mangaká Souryu, responsável pelo mangá Machimaho: I Messed Up and Made the Wrong Person Into a Magical Girl! recentemente pediu aos leitores internacionais para comprarem a versão em inglês oficial publicada pela Seven Seas.

Eu tenho um favor para todos no mundo que falam Inglês… O meu mangá ‘MACHIMAHO’ tem oficialmente a sua versão traduzida publicada. Por favor, comprem um livro oficial, não um não oficial que traduziram sem permissão. Vocês podem comprar na Amazon.

No twitter ele foi também discutindo com os leitores a utilização de scanlators.

O primeiro volume de Machimaho foi publicado em outubro de 2018 e no site oficial podemos ler:

A delinquente do ensino médio Majiba Kayo é uma menina de aparência doce – até que ela abre a boca. Acidentalmente ela transformou-se numa garota mágica e ela não tem medo de colocar o punho onde está a boca! Salvar o mundo do mal é difícil, mas quando não o querem fazer, é ainda mais difícil

Souryu segue assim o exemplo de , a autora de , que o ano passado pediu para pararem de piratear o seu mangá, afirmando que as Scanslators (grupos que traduzem e partilham ilegalmente mangá) estão a roubar-lhe o rendimento e a receita publicitária da sua editora, e que se ela não conseguir ganhar dinheiro com o seu mangá vai ter de desistir.

Gujira, um artista de mangá eróticos (Gal toka Bitch toka Iroiro), também desabafou a sua frustração contra os downloads ilegais do seu trabalho e o criador do mangá Gaku Kuze lançou um capítulo especial do mangá Uramichi Oniisan no ano passado sobre distribuição ilegal de mangá.